Papo Seguro: cuidados na alimentação do idoso

Papo Seguro: cuidados na alimentação do idoso

Mantendo a parceria de cooperação técnica entre  a Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia, Programa Excelsior Saúde e o Portal Saúde no ar, apresentamos mais uma edição do Quadro/Coluna: Papo Seguro: diálogos sobre alimentação e nutrição em tempos de pandemia. Uma forma de interação de maneira mais próxima e imediata com a população em geral, buscando fornecer informações seguras e orientações nutricionais em tempos  do Novo Coronavírus.Professores da Escola de Nutrição da UFBA contribuem semanalmente com conteúdos inéditos, apresentando  temas sobre alimentação e nutrição durante a pandemia da Covid-19.

Nesta Décima Sétima Edição da série, a professora: Adriana Mello  com a colaboração das professoras: Nedja Santos, Jerusa Mota, Lílian Lessa, Valéria Camilo, Valterlinda Oliveira, falam sobre o tema: Quais os principais cuidados que o idoso deve ter na sua alimentação?

Confira!

Olá! Eu sou Adriana Mello, nutricionista e professora da Escola de Nutrição da Ufba.  Hoje nosso Papo Seguro é sobre os principais cuidados que o idoso deve ter na sua alimentação. Como vocês sabem, o Papo Seguro é nossa conversa semanal sobre alimentação e nutrição em tempos de pandemia. Hoje vamos falar sobre os principais cuidados na alimentação de idosos. Você sabia que hábitos de vida saudáveis são fundamentais para que o processo de envelhecimento seja adequado? As mudanças corporais que ocorrem nessa fase influenciam o consumo alimentar e a saúde geral do idoso.

.

Os idosos podem diminuir o paladar, deixando de sentir o sabor dos alimentos, ter comprometimento na dentição, na digestão e aproveitamento dos nutrientes, além de boca seca, sensação diminuída da sede, o que leva à redução da ingestão de água, pode ter também fraqueza muscular, risco de fratura nos ossos, ter o intestino preso ou diarreia, dentre outras. O que podemos fazer, então, para diminuir o impacto dessas mudanças na saúde do idoso? Aqui vão algumas dicas: Sempre que possível, mantenha o consumo das frutas, verduras e legumes todos os dias ou pelo menos 4 vezes na semana, para evitar a deficiência de vitaminas e minerais e o intestino preso. Lembre-se, as frutas da época são mais baratas e mais nutritivas. Para melhorar a ingestão de água, beba pelo menos um copo, ao acordar e ao deitar. Além desses horários, encha uma garrafa de água de 1,5 litros, mantenha perto de você e beba ao longo do dia, sem esperar sentir sede.

Se for sair de casa, beba água antes e leve sua garrafinha. Pode também colocar uma fruta higienizada dentro da água, ela ficará mais refrescante e com sabor agradável!! Tente estabelecer horários para se alimentar. Além do café da manhã, almoço e jantar, faça pelo menos o lanche da tarde, e se for possível, também pela manhã, e lembre-se de comer as frutas nesses horários.

.

Ao se alimentar, não tenha pressa, mastigue bem os alimentos. Na ausência dos dentes, use sempre a prótese ou consuma alimentos na consistência pastosa. Uma dica para melhorar a fraqueza muscular é comer carnes, sempre magras, ovo cozido e fazer exercício físico regularmente, sempre com avaliação do seu médico e de um educador físico. Para fortalecer os ossos, os alimentos mais ricos em cálcio são leite, queijo, iogurte, de preferência com baixa gordura, também chamados de desnatados. É importante seguir também outras dicas que já conversamos em outros papos, como evitar sal, açúcar e gordura, preferindo sempre os alimentos naturais como as raízes, verduras, legumes, sucos naturais da própria fruta.

É isso aí pessoal, experimentem, sempre que possível, incluir alimentos mais naturais à sua alimentação e não deixem de nos acompanhar nesse canal. Um abraço e até o nosso próximo papo seguro.

 Confira o  Podcast desta semana:

Por:  Adriana Melo

Nutricionistas e Professoras da Escola de Nutrição da UFBA

Colaboração:

Nedja Santos, Jerusa Mota, Lílian Lessa, Valéria Camilo, Valterlinda Oliveira

Podcast 17: Quais os principais cuidados que o idoso deve ter na sua alimentação?

 

Ouça:

O  Excelsior Saúde é exibido de segunda à sexta-feira, das 9 às 10h, com transmissão pelas Rádios Excelsior AM 840 e Saúde no ar (web). Acompanhe pelo site: https://redeexcelsior.com.br ou pelo aplicativo Rádio Saúde no Ar. Participação pelo telefone 3328-7666 e whats app (71) 9-9681-3998.

Acompanhe também os conteúdos no portal: https://www.portalsaudenoar.com.br/.

Confira  as edições anteriores:

“Papo Seguro” –PODCAST 1 – Alimentos saudáveis, nutritivos e de baixo custo 

“Papo Seguro” -PODCAST 2 – Valorizando o comércio local

“Papo Seguro” -PODCAST 3 – Aproveitamento integral dos alimentos

“Papo Seguro” –PODCAST 4 – Alimentos e imunidade

“Papo Seguro” –PODCAST 5 – Entrega em domicílio

“Papo Seguro” –PODCAST 6  – Amamentação e Covid-19  

“Papo Seguro” –PODCAST 7  –  Aproveitamento integral dos alimentos – Parte II 

“Papo Seguro” –PODCAST  8 –  Alimentação escolar em tempos de pandemia

“Papo Seguro” –PODCAST  9  –  Segurança alimentar 

“Papo Seguro” –PODCAST  10  – Guia Alimentar da População Brasileira

“Papo Seguro” –PODCAST  11  – Alimentação da Gestante na pandemia

“Papo Seguro” –PODCAST  12  – Cultura alimentar 

“Papo Seguro” –PODCAST 13  – Ocorrência de agrotóxicos nos alimentos

“Papo Seguro”  PODCAST 14 – Uso do sal e açúcar

“Papo Seguro” PODCAST 15 – Alimentação saudável e atividade física na pandemia

Papo Seguro” PODCAST 16 – Descasque mais e desembale menos

Papo Seguro” PODCAST 17 – Cuidados na Alimentação do Idoso

Entrevista 1 – Nutrição em tempos de pandemia

Entrevista 2 – Nutrição e imunidade 

Entrevista 3 – Aproveitamento integral dos alimentos 

Entrevista 4 – Alimentação e nutrição na infância 

Entrevista 5-  Preparos Saudáveis 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *