Papo Seguro: Alimentos saudáveis, nutritivos e de baixo custo na pandemia

Papo Seguro: Alimentos saudáveis, nutritivos e de baixo custo na pandemia

A Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia firmou  parceria com o Programa Excelsior Saúde e com o Portal Saúde no ar, como forma de interagir de maneira mais próxima e imediata com a população em geral, buscando fornecer informações seguras e orientações nutricionais em tempos de pandemia do Novo Coronavírus.

Nesse sentido, professores da Escola de Nutrição da UFBA estarão semanalmente com um quadro na rádio e uma coluna no portal intitulado:“Papo seguro”. Nesse quadro/coluna as professoras trarão diálogos sobre alimentação e nutrição em tempos de pandemia da Covid-19.Nesta primeira edição da série, a professora Adriana Mello fala sobre “Como escolher alimentos mais saudáveis, nutritivos e de baixo custo, em tempos de pandemia, principalmente quando tem disponível apenas o auxílio emergencial.

Segue texto na integra e podcast do tema.

Papo seguro: diálogos sobre alimentação e nutrição em tempos de pandemia.

Olá pessoal, eu sou Adriana Mello, nutricionista, prof. da ENUFBA. No “Papo seguro” de hoje abordaremos como escolher alimentos mais saudáveis e de baixo custo em um período em que muita gente dispõe apenas do auxílio emergencial. Nós sabemos que esse momento de pandemia tem afetado nossas vidas de diversas formas, especialmente no aspecto financeiro, e por essa razão, as pessoas vem reduzindo cada vez mais os itens da compra dos alimentos. É sobre isso que vamos falar para vocês hoje. Como comprar alimentos básicos que fazem parte do hábito alimentar da população brasileira e que ao mesmo tempo sejam de boa qualidade nutricional e de baixo custo?

-Quando for ao supermercado escolha alimentos básicos, mas que contribuirão com sua saúde, por exemplo o feijão e o arroz. A combinação desses dois alimentos na mesma refeição é perfeita, pois o nutriente que falta em um tem no outro, ou seja, eles se complementam.

– As frutas são alimentos essenciais em uma alimentação saudável, elas contém vitaminas e minerais importantes para fortalecer nosso sistema imunológico (corpo) e prevenir doenças, principalmente as infecciosas. Para consumir frutas nutritivas e mais baratas, é necessário que escolha aquelas que são cultivadas na sua região e que estejam na safra, ou seja, na época da sua colheita. Exemplos: melancia, jaca, tangerina, manga e outras como limão, laranja, banana disponíveis o ano inteiro.

– As verduras/legumes também são alimentos importantes para compor a alimentação do seu dia a dia, pois, assim como as frutas, contém nutrientes excelentes para fortalecer nosso corpo. Exemplos de legumes e verduras mais acessíveis: chuchu, cenoura, batata, abóbora, quiabo, couve, alface. Existem algumas folhas comestíveis e nutritivas que geralmente são cultivadas facilmente, e muitas vezes não são valorizadas ou conhecidas por não fazerem parte do hábito alimentar da maioria das pessoas. Podemos citar aqui como exemplo, a língua de vaca ou bredo. Ela é fonte de fibras, vitaminas como ácido fólico e minerais como o cálcio, ferro, zinco, dentre outros. Pode ser consumida refogada, ou cozida no feijão, ou em molho de macarrão, ou no arroz.

– Outros exemplos de alimentos que também são nutritivos e de baixo custo são o aipim, a batata doce, o cará também chamado de inhaminho, o ovo e o milho (estamos na época dele) e os derivados do milho como o flocão e a farinha de milho, utilizados para fazer cuscuz, mingau ou polenta.

Por hoje é isso pessoal, mais pra frente vamos falar sobre como fazer o aproveitamento de determinadas partes dos alimentos, as quais, muitas vezes, jogamos no lixo. Essas dicas também ajudarão no consumo alimentar saudável e de baixo custo. Até a próxima.

Por: Adriana Mello
Professora Associada da Escola de Nutrição da UFBA.

Acompanhe a coluna Papo Seguro aqui no Portal Saúde no ar, com publicação inédita toda segunda-feira.

Ouça o áudio divulgado no Programa Excelsior Saúde.

Podcast 1: Como escolher alimentos mais saudáveis, nutritivos e de baixo custo, em tempos de pandemia, principalmente quando tem disponível apenas o auxílio emergencial.

Confira também:

Podcast 2Valorizando o comércio local

Entrevista 1 – Alimentos saudáveis na pandemia – ao vivo

 

 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *