"Papo Seguro" -Valorizando o comércio local: onde comprar alimentos?

"Papo Seguro" -Valorizando o comércio local: onde comprar alimentos?

Numa parceria com a ENUFBa- Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia e com o Programa Excelsior Saúde, exibido pela Rádio Excelsior da Bahia AM840,  apresentamos a segunda edição da série: Papo Seguro, diálogos sobre alimentação e Nutrição em tempos de pandemia,  como forma de fornecer informações seguras e orientações nutricionais à comunidade durante a pandemia do Novo Coronavírus. Professores da Escola de Nutrição da UFBA (ENUFBA) apresentam  semanalmente neste espaço informações sobre alimentação e nutrição  que possam ajudar as pessoas a enfrentarem a Covid-19. Nesta segunda edição  as professoras Nedja Santos e Valterlinda Oliveira, falam  sobre: Valorização do comércio local, onde eu compro alimentos?.

Segue texto e podcast do tema.

Olá! Eu sou Nedja Santos, nutricionista e professora da Escola de Nutrição da Ufba.  Hoje nosso Papo Seguro será sobre a Valorização do comércio local. Como vocês sabem, o Papo Seguro é nossa conversa semanal sobre alimentação e nutrição em tempos de pandemia. E hoje vamos falar sobre o local onde devemos fazer nossas compras de alimentos. Existe um grande número de estabelecimentos comerciais que vendem todo tipo de alimentos como arroz, feijão, carnes, frutas e hortaliças. Esses estabelecimentos, que também chamamos de mercados, podem ser grandes, como as redes de supermercados que possuem várias lojas, médios e até os pequenos varejistas, como o Seu João do mercadinho da esquina ou a Dona Francisca, da barraca de frutas. E é exatamente desse tipo de comércio que eu estou falando.

O comércio local é feito pelos pequenos comerciantes que são daí mesmo do seu bairro. Comprar nesse tipo de comércio é bom pra todo mundo. Especialmente nesse período de pandemia, onde muitas pessoas perderam sua fonte de renda, como por exemplo, os vendedores ambulantes, as manicures e muitos outros, comprar no comércio do seu bairro pode ser muito importante para manter a sobrevivência dessas pequenas empresas. Você sabia que as micro e pequenas empresas são responsáveis por mais da metade dos empregos com carteira assinada no Brasil? Isso mesmo. Precisamos apoiar essas pequenas empresas durante a quarentena necessária para controle da pandemia pelo novo coronavírus para que esses pequenos comerciantes não fechem suas portas. Muitos desses pequenos comerciantes podem até fazer entregas em sua casa sem nenhum custo, por está aí, bem pertinho de você. Valorizar o comércio local significa manter a economia do seu bairro funcionando.

Com isso, a comunidade se fortalece, pois são eles que geram emprego e renda para muitos moradores do próprio bairro. Ah, também não podemos esquecer do Movimento dos Pequenos Agricultores. Procure nas redes sociais a plataforma Raízes do Brasil e descubra onde comprar alimentos agroecológicos direto das famílias camponesas. Agora você já sabe, é nos pequenos comerciantes que você vai encontrar bons preços para sua compra de alimentos. E não se esqueça, prefira sempre os alimentos na sua forma mais natural como arroz, feijão, óleo, carne fresca, frango, hortaliças e frutas da época, que são mais baratas e saudáveis. Evite comprar e consumir quantidades elevadas de produtos industrializados e ultraprocessados. Mas isso é tema para outro papo. Não deixe de nos acompanhar nesse canal; um abraço e até o próximo Papo Seguro.

Papo seguro: diálogos sobre alimentação e nutrição em tempos de pandemia.

Por: Nedja Santos e Valterlinda Oliveira
Professoras da Escola de Nutrição da UFBA.

Ouça o áudio divulgado no Programa Excelsior Saúde dia 15.06

 

 

 

Podcast 2:  Valorizando o comércio local: onde eu compro alimentos? (Nedja Santos)

Confira também:

Podcast 1 Como escolher alimentos mais saudáveis, nutritivos e de baixo custo, em tempos de pandemia.

Entrevista 1 – Alimentos saudáveis na pandemia – ao vivo 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *