Papo Seguro - Ritmo intestinal lento – o que fazer?

Papo Seguro - Ritmo intestinal lento – o que fazer?

Numa parceria de cooperação técnica entre  a Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia, Programa Excelsior Saúde e o Portal Saúde no ar, apresentamos mais uma temporada do Quadro: Papo Seguro: diálogos sobre alimentação e nutrição em tempos de pandemia.

Uma forma de interação de maneira mais próxima e imediata com a população em geral, buscando fornecer informações seguras e orientações nutricionais em tempos  do Novo Coronavírus.

Professores da Escola de Nutrição da UFBA contribuem semanalmente com conteúdos inéditos, apresentando  temas sobre alimentação e nutrição durante a pandemia da Covid-19.

Nesta  edição, a  Professora Adriana Lima Mello – Escola de Nutrição – UFBA. fala sobre:  Ritmo intestinal lento – o que fazer?

Confira: 

Olá! Eu sou Adriana Mello, nutricionista e professora da Escola de Nutrição da Ufba.  Hoje nosso Papo Seguro é sobre “Ritmo intestinal lento – o que fazer”? O ritmo intestinal lento, também conhecido como prisão de ventre ou obstipação, é um sintoma geralmente definido como a dificuldade de eliminar as fezes, apresentando um intervalo maior entre as evacuações. Além desses sintomas, pode haver ressecamento e dor durante a evacuação. Pode ser causado por vários fatores e, dentre eles, uma alimentação com baixa quantidade de alimentos fontes de fibras e baixa ingestão de água. Então pessoal, já deu pra perceber que uma das soluções para fazer o intestino funcionar diariamente é ingerir uma boa quantidade de fibras na alimentação. Então, vamos conhecer o que são fibras e suas fontes alimentares? Fibras alimentares são substâncias complexas presentes em partes comestíveis de plantas e resistentes à ação de enzimas digestivas. É isso mesmo, as fibras são moléculas que não são quebradas pelas enzimas e, portanto, não são digeridas nem absorvidas pelo nosso organismo, elas alimentam microorganismos benéficos que ajudam a aumentar o bolo fecal. Além disso, as fibras tem uma grande capacidade de absorver água, portanto, o nosso organismo precisa também da água para hidratar o bolo fecal, amolecer as fezes e contribuir com sua eliminação. E qual a quantidade de água necessária para isso? Para os adultos, o recomendado é ingerir pelo menos de 2 a 3 litros de água, além dos demais alimentos líquidos como leite, sucos, chás, etc. E quais os alimentos que contêm uma grande quantidade de fibras? Podemos citar como exemplos, as frutas, principalmente aquelas com bagaço (laranja, tangerina, manga, abacaxi), maçã com casca, outras frutas, tais como mamão e ameixa, verduras cruas (folhosos, cenoura, beterraba), sementes de linhaça, girassol, abóbora e gergelim, chia, farelo de trigo e de aveia, grãos como feijão, grão de bico, lentilha, ervilha, os cereais integrais tais como o pão, arroz e macarrão integrais, o milho. Uma outra fibra importante é o psyllium, proveniente de uma planta chamada Plantago Ovata. Outros alimentos que podem também ajudar a funcionar o intestino são o abacate e as castanhas do Pará e de caju. Que tal aprendermos uma receita de um coquetel laxante? Separe 5 ameixas pretas após hidratá-las por oito horas na água filtrada; 1 copo de suco de laranja sem coar; 1 fatia média de mamão; 1 colher de sopa de semente de linhaça, ou farelo de aveia ou farelo de trigo. Bata tudo no liquidificador e tome sem coar. Uma outra dica importante, além da alimentação, é fazer exercício físico pelo menos três vezes na semana, como por exemplo, caminhada. É isso aí pessoal, espero que essas dicas tenham sido úteis pra você.

Não deixem de nos acompanhar nesse canal. Um abraço e até o nosso próximo papo seguro.

Podcast: Ritmo intestinal lento – o que fazer? 

Por: Adriana Lima Mello 

Produção: Adriana Mello 

Colaboração/revisão: Nedja Santos, Jerusa Mota, Lílian Lessa, Valéria Camilo, Valterlinda Oliveira

 

Ouça:

O  Excelsior Saúde é exibido de segunda à sexta-feira, das 9 às 10h, com transmissão pelas Rádios Excelsior AM 840 e Saúde no ar (web). Acompanhe pelo site: https://redeexcelsior.com.br ou pelo aplicativo Rádio Saúde no Ar. Participação pelo  whats app (71) 9-9681-3998.

Acompanhe também os conteúdos no portal: https://www.portalsaudenoar.com.br/.

Confira todas as edições anteriores acessando esse link: Edições Papo Seguro

Entrevistas do Papo seguro:

Entrevista 1 – Nutrição em tempos de pandemia

Entrevista 2 – Nutrição e imunidade 

Entrevista 3 – Aproveitamento integral dos alimentos 

Entrevista 4 – Alimentação e nutrição na infância 

Entrevista 5-  Preparos Saudáveis 

Entrevista 6- Comer consciente

Entrevista 7 – Alimentação e ansiedade

Entrevista 8 – Alimentos juninos

Sobre a ENUFBA

A Escola de Nutrição da Universidade Federal da Bahia (ENUFBA) foi criada em 28 de maio de 1956, sendo o primeiro curso de bacharelado em Nutrição da região nordeste do país e o quarto do Brasil. Em 2009, foi criado o bacharelado em Gastronomia. A ENUFBA mantém desde a sua criação a missão de formar profissionais tecnicamente qualificados, capazes de refletir criticamente sobre as necessidades da sociedade brasileira e atuar profissionalmente de modo orientado pela ética e compromisso social da profissão. A ENUFBa tem como destaque o desenvolvimento de atividades interdisciplinares integrando ensino, pesquisa e extensão.Professores da ENUFBa, estarão toda segunda no quadro “Papo seguro”, dialogando sobre alimentação e nutrição diante da Covid-19.

Acompanhe também os conteúdos toda segunda aqui no no portal: https://www.portalsaudenoar.com.br/.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.