O que você interage no corpo, na mente e no espirito te liberta ou te aprisiona?

O que você interage no corpo, na mente e no espirito te liberta ou te aprisiona?

No preâmbulo desta complexa narrativa, construiremos uma hipótese para tentar responder.

  1. Toda matéria tem a partícula de Deus, o código mater.
  2. O universo está em evolução constante, em franca plenitude em prosperidade.

É no ato implacável da coexistência terrena, no momento da materialização da consciência no infinitésimo instante da fecundação, a grande explosão de encontros materiais e residuais de registros akáshicos em constelação familiar de gerações, que tudo recomeça.

Ali começa a materialização na multiplicação celular de uma consciência viva com uma energia evolutiva desde o início da criação.

Em proposito de evolução cósmica, a materialização na terra, é submetida a múltiplas interações das vibrações aqui registradas a cada instante em complexas expansões.

Como ligação quântica do observador e objeto, ao interagirmos com os registros de escassez, dor, alegria, sofrimento, violência, tristeza, stress, estafa mental, traumas, bloqueios, ansiedade, etc, conectamos e reverberamos essas vibrações. O mesmo ocorre quando interagimos com os registros da alegria, amor, felicidade, abundância, prosperidade, entusiasmo, beleza, sucesso, natureza, ternura, solidariedade, compaixão, entre outros.

Esses registros são armazenados na mente, alojados nas memorias do consciente e inconsciente. Em causas e efeitos aparecem a cada estimulo sensorial. Mesmo carregando a fonte divina, somos vítimas das interações múltiplas. Não há o que fazer!

Como há uma relação biunívoca corpo, mente e espirito, essa conexão é a mais perfeita manifestação da criação.  A interação nunca é sozinha!

O que como, o que bebo, o que respiro, estão diretamente ligados e ressignificados em registros na consciência e em conexão com o espirito.

Por exemplo: Antes de beber o refrigerante, a imagem já está armazenada nos registros da consciência. Deseja-se o refrigerante!  O açúcar aprisiona-o.

Assim são todas as vibrações matérias e imateriais. Precisa examinar de perto o que de fato liberta e aprisiona.

Outro exemplo: Os Jogos eletrônicos infantis/ juvenis. Estão aprisionando as crianças e jovens no disfarce do prazer de ganhar.

Para não falar das drogas, das bebidas, associadas as vibrações da escassez, uma verdadeira roda gigante de prisão, disfarçada no prazer e na euforia, só perceberão quando o caos for instalado no bolso e na saúde individual e familiar.

Mas afinal e nossa hipótese!

Como conviver com as interações e não permitir a prisão? Já que temos o código divino,

Deus nos salve!

Deixe a sua luz emergir!!

Liberta-nos!

Quando estamos em paz, a nossa percepção é alargada. É no estado de paz que ecoamos a energia suprema, a energia divina, é no estado de paz que libertamos e tornamos instrumentos da luz e somos libertos em conexão.

Buscar a paz em conexão permanente com a luz divina e diminuir o ego indefinidamente, é o segredo da libertação.

Alimentação do ego é a prisão na ilusão.

Paz e Luz!

Ezequiel Oliveira, 02/08/19

Colunista do Saúde e Cidadania do Portal Saúde no ar.

Físico, Mestre em Medicina e Especialista em Física Médica.

Rotariano Distrito 4391

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *