Janeiro Verde Piscina - Um alerta sobre o câncer de colo de útero

Janeiro Verde Piscina - Um alerta sobre o câncer de colo de útero

Campanhas de conscientização são um dos principais métodos para alerta e cuidado de diferentes doenças ao longo do ano. Janeiro, além de branco também é Verde  Piscina. A cor faz um alerta ao câncer de colo de útero. O assunto foi tema do programa Saúde em Foco desta segunda-feira (27). Patrícia Tosta, entrevistou a Médica Ginecologista da Clínica da Mulher Anna Paola Noya Gatto, Rebeca Lopes.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de colo de útero atinge mais de 16 mil mulheres no Brasil por ano. Sendo o terceiro maior tipo de câncer a atingir a população feminina. Estimasse que na Bahia,  para 1.230 novos casos em 2020, 300 foram registrados em Salvador. Cerca de 35% dos casos são fatais.

Dra. Rebeca, esclarece que “a falta do acesso a vacina, o não uso de preservativo para prevenir contaminação do HPV, não realizar o preventivo ginecológico, seja por falta de acesso ou até pela cultura de não procurar um médico quando não está sentindo nada.” São alguns dos principais fatores para o câncer de colo de útero.

Casos da doença

No Brasil e no mundo, há um aumento de 4% à 5% de câncer em mulheres jovens ( com menos de 40 anos). A incidência maior da doença é entre os 45 à 65 anos de idade, porém, em casos raros, mulheres com menos de 40 anos ou maior que  80, podem ser diagnosticadas com a doença.

A médica ressalta, que é de extrema importância o acompanhamento ginecológico mesmo sem a presença de qualquer sintoma. A prevenção é o maior aliado na detecção, tratamento e cura da doença. ” Diagnosticando cedo, é possível tratar com maior chance de cura, infelizmente algumas vezes o câncer já se espalhou para outros órgãos diminuindo as chances de cura.” Concluiu.

Por ano, mais de 500 mil mulheres são diagnosticadas com câncer de colo uterino no mundo. São registrados,  300 mil óbitos ao ano, aproximadamente 90% dos casos ocorrem em países pobres ou emergentes. A mortalidade nesses países é cerca de 18 vezes maior que em países desenvolvidos. No Brasil, a taxa de mortalidade ajustada para a população mundial de 4,70 óbitos para cada 100 mil mulheres.

Sobre a Clínica

A Clínica da Mulher Anna Paola Noya Gatto, trata de forma integral os principais problemas de saúde na mulher, dispondo de ginecologistas, endocrinologistas, nutricionistas e outros profissionais.  Para isso, todos os atendimentos podem ser realizados no mesmo local para que seja rápido e integrado.

Unidade Garibaldi 

Centro Integrado de Saúde Professor Fernando Filgueiras – R. Eduardo José dos Santos, 147 – Garibaldi, Salvador – Ba.

Unidade Canela ( atende pelo Planserv)

Centro Médico do Vale – Av. Reitor Miguel Calmon, 1210 – Sala 801 – Vale do Canela – Salvador – Ba.

Contatos da Clínica: Call Center – 71 3237-2633 / Garibaldi – 71 3041-3650 / Canela – 71 3237-4770  / Whatsapp – 71 99302-7939

Website: http://www.apng.com.br/  E-mail: contato@apng.com.br/

Facebook | Instagram 

 

 

Dra. Rebeca Lopes – Médica formada pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, especialista em ginecologia e obstetrícia pelo Instituto de Perinatalogia da Bahia, médica ginecologista da Clínica Anna Paola Noya Gatto, professora de Ginecologia da UniFTC e professora substituta de obstetrícia da UFBA.

 

 

Veja entrevista completa: Saúde no Ar

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *