O câncer em mulheres Jovens

O câncer em mulheres Jovens

A Mastologista e Diretora Médica da Clínica da Mulher Anna Paola Noya Gatto, SSA/BA, Dra. Anna Paola Noya Gatto, foi  a  nossa convidada nesta quarta-feira, dia 11.09, no Programa Saúde no Ar com transmissão pelas Rádios Excelsior AM 840 e Web Saúde no Ar, sob o comando de Patrícia Tosta, das 09 às 10h.
Tema: ” O Câncer em Mulheres Jovens”

Dra. Ana Gatto,  alertou que no Brasil e no mundo existe um aumento de 4% a 5% do câncer em mulheres jovens. ( inferior a 40 anos). A incidência  maior do câncer  é na idade de 45 a 65 anos de idade, porém, mulheres com idade inferior a 40, podem ter câncer,inclusive mulheres  com mais de 80 anos.  ( os dois extremos mais jovens e mais idosas, acontecem com menor frequência, mas pode ocorrer).

Grupo de risco maior: 

As mulheres jovens que já possuem casos na família ( irmãs, avós. ) com câncer ( inclusive câncer de ovário) o risco de contraírem câncer é maior.

Dra. Ana destaca que uma das formas das mulheres jovens se prevenirem é aprenderem a fazer o auto-exame.

Idade para os exames:

Segundo, Dra. Ana Gatto, a mamografia deve ser feita  a partir dos 35. “A partir dos 40 anos a mamografia é anual e a ultrassonografia mamária e o exame físico com o mastologista, a cada a cada seis meses”, afirmou. “O auto- exame é feito de forma contínua e circular ela pode identificar nódulos”.

Sinais de alerta: 

Nódulos, dor nas mamas no período pre menstrual, consultar um mastologista.

Exames: ultrassonografia mamaria ( que não tem radiação) o ultrassom identifica, pequenos nódulos, tumores e  cistos mamários.

Dra. Ana citou casos de pacientes jovens que faleceram da doença e ela alerta: “Não é que o câncer de mama em mulheres  jovens levem óbito, mas o diagnóstico tardio que leva ao óbito (–)
“Sendo tratado no inicio o câncer de mama tem 95% de cura”.

Respondendo uma ouvinte, Dra. Ana diz que mulheres que nunca usaram anticoncepcional e nenhum método hormonal, podem ter  câncer. ” uma coisa nada tem a ver com a outra”. Dra. Ana ressalta:  “As mulheres na menopausa devem fazer todos os  exames, sim., de forma regular. Uma vez por ano”.

A especialista alerta: “O câncer não espera. Temos que fazer a radioterapia, quimioterapia, cirurgia, em um curto espaço de tempo”

Ela explica que as mulheres que possuem marcapasso ou prótese mamária  não estão  impedidas de fazerem mamografia.

“Na nossa clínica, usamos técnicas diferentes tanto para quem tem marcapasso como para quem tem prótese mamária”, destacou, Dra. Ana.

A Clínica da Mulher Ana Paola Noya Gatto

No mês de outubro a clínica fará o Checap Rosa.  Uma promoção para  pacientes que perderam o convênio. Será feita uma consulta com mastologista, exames de  mamografia e ultrassonografia mamária com mulheres acima de 40 anos. Informações: (71) 3237-2633.

Jorge Roriz.

Assista o vídeo do Programa:

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *