Um em cada dois pacientes internados com Covid tem complicações

Um em cada dois pacientes internados com Covid tem complicações

Novo estudo com pacientes internados com Covid-19 revela que metade dos internados desenvolve uma ou mais complicações. A pesquisa publicada na revista médica inglesa The Lancet; analisou dados de 73.197 pacientes com 19 anos ou mais que receberam atendimento médico, entre janeiro e agosto de 2020, em 302 hospitais no Reino Unido.

De acordo com a pesquisa, do total de participantes 36.367 (49,7%) tiveram pelo menos uma complicação de saúde; cardiovascular, respiratória, neurológica, renal; bem como hepática, gastrointestinal e/ou sistêmicas– no período em que estavam no hospital, seja na ala de enfermaria ou em alas de cuidados intensivos. Além disso, passaram a ter mais dificuldade para cuidar de si mesmos após as complicações –algo mais proeminente em pacientes com menos de 50 anos.

Dessa forma, o estudo mostra um impacto na qualidade de vida. Além disso, é possível identificar os problemas causados com a covid em pacientes de todos os grupos etários. Os autores da pesquisa, ressaltam que continuam coletando dados prospectivamente; segundo eles, o desenho das políticas públicas têm que levar em conta não apenas a mortalidade ao decidir as medidas para evitar propagação da doença mas também considerar o “risco de complicações de curto e longo prazo para aqueles que sobrevivem à Covid-19”. “

Além disso, os dados obtidos pelos pesquisadores mostram ainda o aumento da incidência de complicações conforme avançam as faixas etárias. Nas pessoas sem comorbidades de 19 a 29 anos, cerca de 21% (178 em um grupo de 839) apresentaram complicações após a Covid. Considerando o grupo etário de 19 a 49 anos, quase 39% das pessoas (3.596 de 9.249) tiveram complicações. Por fim, essa taxa sobe para 51% nas pessoas com 50 anos ou mais.

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *