MEC lança Fies Social para financiamento de até 100% das mensalidades de faculdades particulares

Nesta sexta-feira (16), o Ministério da Educação (MEC) anunciou, o lançamento do Fies Social, que dará condições especiais de financiamento para alunos de baixa renda estudarem em faculdades particulares.

Dessa forma, a partir do segundo semestre de 2024, os cadastrados no CadÚnico que tenham renda familiar per capita de até meio salário mínimo poderão pagar 100% dos gastos com a universidade só depois da formatura.

Desde 2016, o programa havia deixado de fornecer empréstimos que cobriam integralmente os encargos educacionais. Quanto menor o salário médio da família, maior era a fatia da mensalidade que poderia ser paga só depois da formatura. Mas era impossível alcançar os 100% de financiamento.

A partir de agora, com o Fies Social, os alunos mais pobres poderão chegar aos 100% de financiamento. Contudo, terão acesso a essas condições especiais de empréstimo os candidatos que: estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico). Bem como, tenham renda familiar per capita de até meio salário mínimo (R$ 706).

Até o momento, o MEC não informou o total de alunos beneficiados pelo programa. Contudo, metade das vagas de cada processo seletivo seja direcionada para o Fies Social.

O Comitê Gestor do Fies decidiu também que haja uma reserva de vagas para estudantes com deficiência e/ou autodeclarados pretos, pardos, indígenas e quilombolas.

O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe