Pesquisa revela aumenta de interesse por ensino superior

Pesquisa revela aumenta de interesse por ensino superior

Pesquisa revela que o interesse em ingressar no ensino superior está retornando. De acordo com a pesquisa, realizada pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes) em parceria com a Educa Insights; na pesquisa, dos 63% dos entrevistados declararam planejar o início da faculdade no primeiro semestre de 2022. Por outro lado, em novembro de 2020, apenas 38% tinham intenção de se matricular no semestre seguinte.

Assim, segundo a 5ª edição do levantamento Observatório da Educação Superior: Perspectivas para 2022; há também o aumento do interesse dos universitários por um modelo híbrido, com aulas presenciais e à distância.

De acordo com a avaliação dos alunos apenas 45% da carga horária dos cursos deveriam estar dedicadas às aulas presenciais tradicionais, e o restante deveria ser ministrado no formato híbrido; bem como aulas remotas (16%); conteúdos digitais (16%); ou mesmo por trabalhos práticos em comunidades ou empresas (23%).

Contudo, mesmo com a apresentação do desejo em ingressar em uma universidade; o  primeiro dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 digital e impresso teve  que aconteceu no ultimo domingo (21); contou com 26% de abstenção. Do total de 3,1 milhões de candidatos inscritos, cerca de 2,3 milhões compareceram às provas em mais de 1,7 mil municípios. Os números foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Considerando apenas o Enem impresso, que concentra a maior parte das inscrições, 3.040.907, as faltas chegaram a 25,5%. O estado com a maior porcentagem de faltas foi o Amazonas, com 40,6%. No Enem digital, 46,1% dos 68.893 inscritos não compareceram ao exame.

 

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *