Coronavírus - Postos de saúde adotam método para agilizar atendimento de casos suspeitos

Coronavírus - Postos de saúde adotam método para  agilizar atendimento de casos suspeitos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez um apelo às Equipe de Saúde da Família que atuam nos postos de saúde. “Equipes, assumam os seus usurários, sua área de abrangência. Monitorem as pessoas que vocês conhecem pelo nome. Organizem a Atenção Primária para que as pessoas não tenham que ir para UPAS”, enfatizou. De acordo com o ministro, sistemas que centralizaram o atendimento no hospital foram sistemas que colapsaram mais rápido. “As pessoas não devem procurar as portas de urgências e emergências, nem os hospitais. O local a ser procurado com sintomas gripais é o posto de saúde perto da sua casa”, completou.

O Ministério da Saúde, em parceria com as entidades integrantes do Centro de Operações de Emergência (COE) do coronavírus, criou a ferramenta de triagem rápida (Fast Track), um protocolo de fluxo de atendimento para ser utilizado durante a emergência do coronavírus. O novo método irá acelerar o atendimento de casos suspeitos pelas equipes da Atenção Primária nos postos de saúde, impedindo a circulação e o contágio do vírus nesses ambientes.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *