Humanizar para sobreviver!

Humanizar para sobreviver!

Humanizar o capital humano, para sobreviver as instituições;

Humanizar as relações binarias, terciarias, múltiplas, para sobrevivência do bem comum;

O ser humano, no humano trino deve ser o centro e não somente a sua enfermidade.

Humanizar é promover o bem-estar do ser humano, com humanização nas dimensões corporal, mental, espiritual e social

É compreender as múltiplas informações nas interações que estão nos processos: as dores, os ambientes, o sofrimento, as informações fornecidas, as expressões veladas, as reveladas, as limitações dos métodos, a escassez dos matérias e equipamentos, os acertos, os erros, …

A intenção humana em servir ao proposito maior, ser um instrumento para evolução cósmica, é humanização.

A Anamnese pode revelar muito mais que caracteres, dígitos, cifrão. Revela o ser trino em busca de sua evolução.

É ali que a magnificência se manifesta,

Compreendamos!

Sem comunicação não há humanização. Esta deve ser absorvida em sua integralidade, desde as informações básicas. O corpo que fala! O humano fragilizado, suplicando humanização.

A humanização deve preceder o lucro, assim como, otimiza os custos operacionais e traz lucros.

Quando interagimos com o outro humano entramos no campo sutil, e se conectarmos com as informações positivas estabelecemos as possibilidades da cura em pontes estabelecidas.

Paz e Luz!

Ezequiel Oliveira.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *