Homeopatia

Homeopatia

A homeopatia é um sistema terapêutico, uma arte médica, uma prática holística. É a medicina que adota o sujeito, não apenas para estudo, não para servi-lo, ela não apenas o adota, ela se relaciona, torna-se cúmplice dele em busca do equilíbrio vital. A relação médico-paciente é vista como uma parceria que precisa ser vivida pelos dois lados e, por isso, o paciente precisa narrar muito bem a sua história com a doença e os seus mais diversos sintomas, porque, a partir dessa conjuntura, o homeopata observa cada detalhe e extrai o mais importante da individualidade humana.

Nesse processo, a cura ocorre através da dinâmica da totalidade dos distúrbios, no qual o sujeito é visto em todos os aspectos. Essa teoria explica por que quando todos os sintomas não são curados, uma vez que se tenta curar apenas a moléstia que o indivíduo apresenta e, passado um tempo, o paciente volta a apresentar o mesmo quadro. Afinal, a “mola viva” que a produziu continuou funcionando. Por isso, a homeopatia reconhece a importância de todos os elementos biopatográficos do indivíduo, de todo o evento particular narrado pelo sujeito, que lhe provoque emoção, que tenha ganhado valor ou modificado seus hábitos ou sua personalidade. 

Saúde é, portanto, muito mais do que não adoecer ou apresentar uma boa forma física. Trata-se de um singelo equilíbrio pessoal. Adoecer é tudo aquilo que, fisicamente, emocionalmente e psicologicamente, incomoda o corpo, a mente e o espírito. Cuidar é, principalmente, escutar, observar, entender e acolher. E a cura, o grande tesouro almejado, talvez nem sempre possa existir. Só o doente com o tratamento mais adequado pode vivenciar e narrar a experiência. 

Fonte: Escola Baiana de Medicina

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.