Dermatite atópica pode piorar desenvolvimento escolar de crianças

Dermatite atópica pode piorar desenvolvimento escolar de crianças

Estudo disponível no periódico Jama Dermatology  revela que a dermatite atópica pode estar associada a dificuldades de aprendizagem na escola. De acordo com os pesquisadores, a doença tende a atingir mais as crianças e afeta a pele; tendo sintomas como coceira e feridas, em especial ao redor dos olhos e nas dobras.

O estudo, contou com a participação de 2.074 voluntários de 2 a 17 anos. Todos possuíam a doença e receberam acompanhamento entre os anos de 2004 a 2019. Dessa forma, nesse período relatavam a gravidade da doença.

Assim, com base nos dados, os cientistas observaram que as crianças e jovens que manifestavam sintomas leves; bem como os moderados ou graves tinham maior dificuldade de aprendizado no ambiente escolar.

Além disso, outra razão que estaria por trás dessa perda de desempenho escolar, segundo os pesquisadores são os medicamentos receitados contra a dermatite atópica. Já que alguns dos medicamentos provocam sono; por se tratar de uma doença crônica, o uso dos remédios é contínuo.

A doença

Mesmo sem causa específica; os sintomas são disparados por causa de um processo inflamatório exacerbado; ligado a bronquite, asma e rinite. Desse modo, a doença pode manifestar-se sozinha ou em um conjunto com problemas respiratórios.

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *