Casos de dengue no Brasil crescem 43,9% em 2022

Casos de dengue no Brasil crescem 43,9% em 2022

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, mostra que o número de casos de dengue no Brasil cresceu 43,9% nos primeiros meses do ano. De acordo com os dados, entre 2 de janeiro e 12 de março de 2022; houveram 161.605 notificações de prováveis infectados, com uma incidência de 75,8 por 100 mil habitantes.

Além disso, a coordenadora do InfoDengue da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Cláudia Codeço, avalia que o cenário é de atenção. “No ano passado, a gente estava em baixa atividade da dengue, então o aumento em si não seria tanto. Mas se a gente compara o histórico de várias temporadas de dengue, a gente vê que se aproxima dos altos índices de 2016 e 2020”, afirmou.

Assim, segundo o boletim a região Centro-Oeste apresentou a maior taxa de incidência; com 204,2 casos por 100 mil habitantes, seguida da Norte (97,4 casos/100 mil habitantes), Sul (49 casos/100 mil habitantes); Sudeste (47,9 casos/100 mil habitantes) e Nordeste (31 casos/100 mil habitantes).

Já entre os municípios, Goiânia (GO) lidera o ranking, tendo Brasília (DF) em segundo lugar, Palmas (TO) em terceiro e São José do Rio Preto (SP) em quarto.

O InfoDengue avalia que o aumento de casos pode ter sido provocado pelo efeito da pandemia de Covid-19 nas ações de controle do mosquito Aedes aegypti; agente transmissor da doença, ou ainda pelo período chuvoso registrado neste início de 2022. De acordo com o relatório, até o dia 12 de março, o país registrou 154 casos graves de dengue e 1.504 com sinais de alarme.

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.