Setembro Amarelo: ABP treina profissionais para identificar e tratar tendências suicidas

Setembro Amarelo: ABP treina profissionais para identificar e tratar tendências suicidas

A Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Ministério da Saúde inicia nesta semana treinamento de profissionais de saúde de quaisquer áreas médicas; em todo o país, para que possam identificar e encaminhar corretamente para tratamento pessoas com tendências suicidas. A iniciativa marca a passagem do Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio na próxima quinta-feira (10 de setembro).

De acordo com o presidente da ABP, Antonio Geraldo da Silva, “no Brasil inteiro”. O objetivo é que a iniciativa envolva escolas, igrejas de todas as religiões e conselhos tutelares, “para dar o máximo de conhecimento à população”.

Neste mês em que se concentram esforços para a prevenção ao suicídio, a ABP e o Conselho Federal de Medicina (CFM) estão lançando a campanha nacional Setembro Amarelo 2020: É Preciso Agir, que visa à conscientização e prevenção do suicídio. Nesse sentido, o Ministério Público Federal divulga campanha ‘Eu te Acolho’

Além disso, Silva salientou que apenas falar em suicídio não é suficiente – é preciso levar ao povo informação de qualidade e, sobretudo, agir para reduzir o número de casos de suicídios no país. Para ele, os esforços nessa direção têm de ser feitos não só no Setembro Amarelo, mas “durante 365 dias por ano”. Segundo o psiquiatra, é possível evitar que pessoas cometam suicídio se forem bem atendidas. “Ouvidas, levadas a sério e atendidas. Falar apenas não tem solucionado. Os índices de suicídio só têm aumentado. A gente tem que parar de falar tanto e agir.”

Contudo, média anual de suicídios no Brasil é superior a 13 mil, de acordo com apresentação feita no ano passado pelo Ministério da Saúde. Os índices, contudo, são bem maiores, por causa da subnotificação e também porque muitas mortes de suicidas são atribuídas a outras causas, como politraumatismo e atropelamento.

Fonte: Agência Brasil

#Campanha Vidas Importam

Veja também: Sputnik V: Em primeiros testes vacina russa induz resposta imune

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *