Atenção domiciliar na Bahia: qual o futuro?

Atenção domiciliar na Bahia: qual o futuro?

05 04.18 -  Serviço de Atenção Domiciliar .fw O Ministério da Saúde lançou o programa Melhor em Casa- que oferece  Serviços de Atenção Familiar. A Atenção Domiciliar (AD) é uma forma de atenção à saúde, oferecida na moradia do paciente e caracterizada por um conjunto de ações de promoção à saúde, prevenção e tratamento de doenças e reabilitação, com garantia da continuidade do cuidado e integrada à Rede de Atenção à Saúde.

Com abordagens diferenciadas, esse tipo de serviço está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS).Esse cuidado pode ser variado de acordo com a necessidade do paciente, ele será  atendido em casa, e se  for necessário poderá ser atendido por uma equipe multidisciplinar .

Em Salvador, o serviço foi adotado em 16 de abril de 2012, até o presente momento.  O programa tem altos índices de reconhecimento, seja através de relatos oriundos da ouvidoria  do SUS, como também de pesquisa de satisfação realizada periodicamente com o usuários. São mais de 6000 mil pacientes atendidos em suas residências, dando uma média anual de 10.000 procedimentos, automaticamente, desafogando os leitos hospitalares.

O serviço "home care" vai ser alterado o que gera preocupação tanto para os funcionários  quanto aos pacientes.

 O Serviço de Atenção Domiciliar: qual o seu futuro na Bahia?  foi o nosso tema do  programa Saúde no Ar, desta quinta-feira (05). Patrícia Tosta conversou com  a enfermeira,  Leane  Santos Batista,  com a médica Patrícia Fontes Bagano  e  a coordenadora  Rejane Carvalho,  todas do Serviço de Atenção Domiciliar da Fesf-Sus.

 

Ouça a entrevista na íntegra:

 

O Programa Saúde no Ar é transmitido pela Excelsior AM 840 e rádio on line Saúde no Ar, participação pelo watss App 71 9968-13998 ou 3328-7666.

Redação Saúde no Ar

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *