Denúncias contra médicos diminuem em 28% durante 2020

Denúncias contra médicos diminuem em 28% durante 2020
De acordo com o Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb), o ano de 2020 teve redução de 28% de denúncias contra médicos no estado da Bahia caíram; em relação ao ano de 2019.  Além disso, segundo o Cremeb, mesmo com a situação atípica no novo cenário da saúde pública, houve registro de 133 denúncias. Em 2020 houve registro de 350 denúncias; por outro lado, no ano de 2019 eram 483 contabilizadas.

Os números passam por contabilização durante a Correição do Tribunal de Ética Médica (TEM) e apontam também que, apesar da queda do número de reclamações, a produção interna dos conselheiros do Cremeb seguiu uma média satisfatória.

 

“A realidade da pandemia nos trouxe novos desafios, mas o Cremeb investiu em ferramentas para que o Tribunal de Ética não deixasse de cumprir o seu papel perante a sociedade. Para que o distanciamento social não diminuísse as nossas atividades, por exemplo, somente por videoconferência realizamos 32 sessões de sindicâncias, 53 sessões de julgamentos de processos e 327 oitivas, prática online que já iniciamos desde 2018”, analisa o corregedor do Cremeb, Cons. José Abelardo de Meneses.

 

Dessa forma, o informe do Cremeb revela que comparado aos últimos cinco anos, a redução de denúncias em 2020 é ainda maior: 52%. Isso porquê 2015 fechou com 608 reclamações, o que significa uma queda de 258 denúncias para os dados atuais.

  • 2015 – 608
  • 2016 –  533
  • 2017 –  499
  • 2018 – 529
  • 2019 –  483
  • 2020 – 350

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Vacinação: Cientistas criticam falta de prioridade a pobres e negros

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *