Covid-19: Vacina de Oxford gera forte resposta imune em adultos e idosos

Covid-19: Vacina de Oxford gera forte resposta imune em adultos e idosos
Produzida com parceria entre a Universidade de Oxford e farmacêutica britânica AstraZeneca; a chamada vacina da oxford mostrou em teste  que produziu uma resposta imune alta; tanto em jovens quanto em idosos. O medicamento está na fase três de testes; além disso; o Brasil também participa dos testes com o imunizante.
Contudo; apesar de os resultados preliminares serem animados; a vacina não apresentar efeitos reversos ou inseguros em voluntários idosos, que possuem o sistema imunológico mais fraco e vulnerável; afirma um dos lugares de medicamento mais promissor no tratamento da covid-19. Além disso; o o laboratório britânico vem testando desde julho o imunizante em adultos saudáveis com idades entre 18 e 55 anos. Em todos, a vacina induziu uma “forte resposta imune”.

De acordo com o laboratório AstraZeneca; “É encorajador ver que as respostas de imunogenicidade foram similares entre adultos jovens e idosos e que a reatogenicidade foi mais baixa em adultos mais velhos;  onde a gravidade da Covid-19 é maior. Os resultados constroem ainda mais o corpo de evidências de segurança e imunogenicidade da AZD1222 (nome técnico da vacina)”.

O objetivo dos cientistas é estimular o corpo humano a produzir anticorpos capazes de neutralizar o novo coronavírus e ao mesmo tempo impedir que ele infecte o organismo.

Por outro lado; é possível  que a vacina não esteja disponível para a população em massa neste ano. Matt Hancock, secretário de Saúde do Reino Unido, afirmou que não descarta um lançamento ainda em dezembro; porém a central do governo tem trabalhado com o lançamento a partir de 2021. Ou seja, é bem possível que uma vacinação em massa só aconteça em 2022.

 

Veja também: Autismo: Precisamos conhecer

Anvisa autoriza importação de 6 milhões de doses da CoronaVac

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *