Covid-19: Fiocruz diz que não haverá vacinação em massa em 2021

Covid-19: Fiocruz diz que não haverá vacinação em massa em 2021

A  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz); que irá começa a produzir no Brasil no primeiro trimestre de 2021 mais de, 210 milhões de doses da vacina contra a Covid-19. O imunizante é desenvolvido em parceria da Universidade de Oxford (Reino Unido); bem como a farmacêutica Astrazeneca, ainda em fase de testes.

Contudo; a  estimativa é que a vacinação comece em março. Por outro lado, a presidente da instituição ressaltou que; “Não vai haver uma aplicação em massa da vacina”. “Terá que haver algum critério de priorização; mas isso ainda não esta definido”.

Dessa forma, a produção de 100 milhões de doses nos primeiros seis meses acontece  com a importação do chamado ingrediente farmacêutico ativo, o principal insumo do imunizante. Além disso, a partir do 2º semestre, o Brasil já terá produção de forma autônoma, pelo acordo de transferência de tecnologia com o laboratório.

De acordo com a Fiocruz; a partir daí o país garantirá a autonomia na produção da vacina. Terá também acesso à tecnologia inédita no desenvolvimento de imunizantes, que já se revelou promissora.

Eventualmente, o País terá à sua disposição, além da vacina de Oxford, outros imunizantes, como a Coronavac, chinesa, e a Sputnik V, russa.

Veja também: Estudo: Alunos podem ‘perder’ 50% a 60% na aprendizagem em matemática após três meses de fechamento das escolas

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *