Barreiras Psicológicas do diabetes será tema da última sessão de atualização de 2019

Barreiras Psicológicas do diabetes será tema da última sessão de atualização de 2019

A última sessão mensal de atualização em diabetes deste ano acontece no próximo dia 3, (terça-feira), das 9 às 11h30, no auditório do Centro de Atenção à Saúde (CAS). Iniciativa do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba), por meio da Coordenação de Educação em Diabetes e Apoio à Rede (Codar), as sessões acontecem sempre na primeira terça-feira do mês. Desta vez, será discutido o tema “As Barreiras Psicológicas do Diabetes e a Contribuição da Equipe para Adesão ao Tratamento”.

A palestra será da líder de Psicologia do Cedeba, Kécia de Sá Barreto, e equipe. Serão abordados os diversos aspectos psicológicos e sociais relacionados ao diagnóstico e ao tratamento do diabetes, as crenças, sentimentos e comportamentos dos pacientes, que costumam favorecer ou dificultar a adesão ao tratamento, bem como as diferentes estratégias de enfrentamento utilizadas pelos pacientes e familiares, explica Kecia de Sá.

A relação que a equipe de saúde estabelece com o paciente – pontua Kécia – é fundamental neste processo, e que nela deve estar presente uma escuta ampliada e empática deste paciente, que possibilite a compreensão do indivíduo para além da doença, considerando os diversos aspectos de sua vida. É preciso – completou – que haja um interesse genuíno pela história de vida do paciente, para que se possa compreender seu sistema de crenças e seus valores, qual o significado para ele do adoecimento e como isto interfere em sua vida. Dentro deste acolhimento e da escuta empática, torna-se possível, para a equipe, desenvolver estratégias de intervenção que considerem a experiência e o saber dos sujeitos. É nesta perspectiva que se faz uma Educação em Saúde que vai muito além da informação e torna-se significativa e mais eficaz.

EDUCAÇÃO PERMANENTE

As sessões de atualização em diabetes integram o Programa de Educação Permanente que o Cedeba desenvolve por meio da Codar, tendo como público alvo a equipe multidisciplinar (Saúde da Família, Centros de Referência e instituições de ensino superior). As sessões serão retomadas no próximo em 2020, no mês de março, segundo a coordenadora da Codar, Graça Velanes. “Breve estaremos divulgando o cronograma das sessões temáticas para o próximo ano”, destacou.

Fonte:  Cedeba

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *