Auxílio Emergencial: Bolsonaro fala em estender beneficio até o final do ano

Auxílio Emergencial: Bolsonaro fala em estender beneficio até o final do ano

De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, em entrevista nesta quarta-feira (19/08), foi levantada a possibilidade que o auxílio emergencial possa ser prorrogado por mais alguns meses. Podendo ser estendido até o final do ano.

A declaração foi dada durante cerimônia, no Palácio do Planalto, em que o presidente sancionou duas medidas provisórias (MP) aprovadas pelo Congresso Nacional. As medidas institui o Programa Emergencial de Suporte a Empregos (MP 944/20), e o Programa Emergencial de Acesso a Crédito (MP 975/20). Segundo o presidente, o valor do benefício aos informais pesa nos cofres públicos e, por isso, deverá ser reduzido nos próximos pagamentos.

Em síntese o presidente disse que, durante café com Rodrigo Maia foi trato a possibilidade de estender o auxilio até o final do ano. “Hoje eu ” Os R$ 600 pesam muito para a União. Isso não é dinheiro do povo, porque não tá guardado, isso é endividamento. E se o país se endivida demais, você acaba perdendo sua credibilidade para o futuro. Então, os R$ 600 é muito. Alguém da Economia falou em R$ 200, eu acho que é pouco. Mas dá para chegar num meio-termo e nós buscarmos que ele venha a ser prorrogado por mais alguns meses, talvez até o final do ano”, afirmou.

Instituído em abril, para conter os efeitos da pandemia sobre a população mais pobre e os trabalhadores informais, o programa concede uma parcela de R$ 600 a R$ 1.200 (no caso das mães chefes de família), por mês, a cada beneficiário. Inicialmente projetado para durar três meses, o auxílio já teve um total de cinco parcelas aprovadas. Ao todo, são 66,4 milhões de pessoas atendidas. O valor desembolsado pelo governo até agora foi de R$ 161 bilhões, segundo balanço da Caixa Econômica Federal.

#Campanha Vidas Importam

Veja também: Covid-19: Instituto Vital Brazil registra patente de soro

Com 90% da população sem anticorpos, imunidade de rebanho não é viável

OMS: Pandemia de Covid-19 causa crise de saúde mental nas Américas

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *