Auxílio Emergencial 2021: trabalhador tem até esta segunda para contestar benefício negado

Auxílio Emergencial 2021: trabalhador tem até esta segunda para contestar benefício negado

Finaliza nesta segunda-feira (12) prazo para que os trabalhadores que tiveram o Auxílio Emergencial 2021 negado recorram da decisão; desse modo, a contestação acontece através do site https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/.

Contudo, quem receber uma ou mais parcelas da nova rodada do benefício; porém tiver os pagamentos cancelados durante as reavaliações mensais ainda poderá recorrer da decisão. Por outro lado, nem todas as negativas podem ter contestação; algumas decisões são finais.

Status do benefício

 

Dessa forma, para realizar contestação, o trabalhador precisa primeiro verificar o benefício negado, no site https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/. O beneficiário deverá informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Ou através dos canais da Caixa: pelo auxilio.caixa.gov.br ou pelo telefone 111.

Como contestar

 

A contestação pode ser feita apenas pelo https://consultaauxilio.cidadania.gov.br, usando o mesmo caminho para verificar o status do benefício.

Para quem teve o benefício negado – e se encaixa em uma das situações que permitem a contestação a página vai trazer um ícone “Solicitar contestação”, informando o motivo da negativa.

Após clicar neste botão, será apresentada pergunta se o beneficiário deseja mesmo apresentar a contestação e, quando confirmar, a contestação será enviada para avaliação da Dataprev.

O Ministério da Cidadania informa que oferece atendimento telefônico pelo número 121 e pela Ouvidoria por meio de formulário eletrônico. Outra opção é enviar uma carta para o endereço: SMAS – Setor de Múltiplas Atividades Sul Trecho 03, lote 01, Edifício The Union, térreo, sala 32, CEP: 70610-051 – Brasília/DF.

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Paciente com Covid-19 recebe transplante de pulmão de doadores vivos

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *