Vacina contra coqueluche está disponível no SUS para gestantes

Vacina contra coqueluche está disponível no SUS para gestantes

Neste mês de novembro, grávidas e recém-nascidos serão contemplados com a nova assistência para proteção contra coqueluche. A vacina contra difteria, tétano e coqueluche (dTpa), já está a disposição para gestantes e integram o Calendário  Nacional de Vacinação pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa é do Ministério da Saúde e a estimativa é imunizar 2,9 milhões de gestantes e 324 mil profissionais de saúde com a vacina em todo o Brasil. O objetivo é reduzir a incidência e mortalidade causada pela doença entre os recém-nascidos.

Cerca de 210 mil gestantes devem receber a vacina na Bahia e 1,8 mil profissionais de saúde serão imunizados em todo o estado. Segundo informações do ministro da Saúde, Arthur Chioro, 66,8 mil doses da vacina foram repassadas para a Bahia e, neste mês de novembro, a pasta passará a enviar cota mensal com 21,6 mil unidades da vacina.

Na Bahia, foram registrados 663 casos da doença e quatro mortes, entre 2011 e 2013. A recomendação do Ministério da Saúde (MS) é para aplicação da dose entre as 27ª e a 36ª semanas de gestação – para gerar maior proteção para a criança, com efetividade estimada em 91%. Segundo o MS, a dose também pode ser administrada até, no máximo, 20 dias antes da data provável do parto.

 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.