Reino Unido interna 100 crianças por semana com síndrome rara pós-Covid

Reino Unido interna 100 crianças por semana com síndrome rara pós-Covid

Segundo informações do jornal Britânico The Guardian, mais de 100 crianças estão indo para os hospitais toda semana no Reino Unido com uma síndrome rara em pacientes que já tiveram a covid-19.

A doença diagnosticada nos pacientes, é a Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P); o problema já havia tido registro em crianças durante os primeiros meses da pandemia no Reino Unido; contudo, o país agora possui aumento recorde dos casos.

De acordo com pesquisa cientifica que faz a associação entres as doenças, entre os sintomas mais recorrentes estão febre persistente de até 40 graus; bem como dores abdominais, pressão sanguínea muito baixa e manchas na pele. Em casos mais graves, podem evoluir para uma infecção generalizada.

Além disso, as reações aparecem cerca de um mês depois de a criança ter contraído Covid-19; podendo ser após a versão grave ouve leve do novo coronavírus.

De acordo com reportagem do jornal, estima-se que uma a cada 5 mil crianças tenha desenvolvido a nova síndrome após contrair Covid-19 no Reino Unido. Atualmente o Reino Unido, registra 3.959.784 casos confirmados do novo coronavírus, com mais de 14 mil casos nas ultimas 24 horas.

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: África do Sul suspende vacina de Oxford por baixa eficácia com variante

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *