Mais pobres são maiores vítimas do Covid-19

Mais pobres são maiores vítimas do Covid-19

De acordo com estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), donas de casa, profissionais autônomos e usuários do transporte público são as maiores vítimas do coronavírus na cidade de São Paulo. Os pesquisadores cruzaram os dados de mortes nos 96 distritos da capital com o perfil dos usuários do transporte público, compilados na última Pesquisa de Origem e Destino realizada pelo Metrô, que inclui profissão, meios de transporte utilizados e o tempo de viagem.

Dos dez distritos com mais mortes pelo coronavírus, nove também lideram o número de viagens por transporte público. Nesses locais, de acordo com o Metrô, há grande presença de autônomos e donas de casa.

Segundo o professor Kazuo Nakano, do Instituto das Cidades da Unifesp, e responsável pelo estudo, os dados confirmam a percepção de que os mais pobres são a maioria das vítimas do novo coronavírus. Pesquisa da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo  – FAU-USP, mostra também que autônomos (diaristas e vendedores ambulantes) são mais atingidos pela doença.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *