Juventude: saúde integral

Juventude: saúde integral


JOVENS 3O dia internacional da juventudeé celebrado em 12 de agosto. A data criada em 1999, em Lisboa, Portugal por meio da resolução 54/120, teve iniciativa da Organização das Nações Unidas – ONU, como consequência da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela juventude.  O objetivo é focar na educação e conscientização dos jovens para as responsabilidades de direito como representante do futuro do planeta.

Acreditar que se pode tudo, incluindo mudar o mundo é uma perspectiva da juventude.

Ser jovem é ser alegre, intenso e querer se desprender dos pais e tornar-se independente, ultrapassando limites e barreiras. Faz parte do mundo do jovem se apaixonar por pequenas coisas e sempre desejar o desconhecido decifrando a vida em busca dos sonhos. E esse é o momento em que se deve ter cuidado com as escolhas e perspectivas de vida para que se possa contribuir com o mundo de forma consciente e assertiva.

A ONU por meiJOVENS 2o de programas universais incentiva ações, políticas e diretrizes que contribuam para a melhorias da qualidade de vida dos jovens de todo o mundo. No Brasil segundo a PEC da juventude, todo individuo entre 15 e 29 anos é considerado jovem, e tem que interagir com divergências de ideias e comportamentos impostos pela atualidade. Desta forma se faz necessário um olhar atencioso e acolhedor, pois os jovens são a esperança do amanhã que se constrói hoje.

De acordo com a ONU, no mundo atualmente, existem 1,8 bilhão de pessoas jovens, o maior contingente nessa faixa etária já registrada em toda a história, apesar da pequena diminuição no número de jovens na última década. Os   dados também revelam que milhares de mulheres e homens jovens enfrentam violações de direito, assédio, bullying e privações em lugares públicos, civis, físicos e digitais, espaços que deveriam oferecer segurança para a juventude poder expressar livremente suas opiniões e seguir seus sonhos.

Ainda segundo a ONU o desafio encontrado pela população jovem tem sido o processo de tomada de decisão, transformadoras no curso da vida social e política, que incluem inicialmente o aperfeiçoamento nas áreas de educação, cultura, ciência, comunicação e informação. Os recursos citados são necessários para construção de uma juventude formuladora de políticas e empreendedorismo sociais e colaborativos para uma nova sociedade

Para marcar a dat13.08 DIA DA JUVENTUDE 1a o Programa Saúde no ar, desta segunda feira (13.08), abordou o tema: saúde integral na juventude. Patricia Tosta conversou com a Psicóloga e psicoterapeuta Cristina Santana, a coach Joana Darc e o assessor da PJ – Pastoral da juventude arquidiocesana, Uelen Medeiros. O Programa Saúde no Ar, é veiculado pela Rádio Excelsior AM 840 e Rádio Web Saúde no ar com transmissão  pelo face-book. Os ouvintes participam pelo telefone (071) 33287666 ou 9- 96813998.  O Saúde no ar começa às 8 da manhã. Sintonize e participe! Ouça a entrevista na íntegra.

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *