Hospital da Mulher completa 5 anos com um milhão de atendimentos

Hospital da Mulher completa 5 anos com um milhão de atendimentos
“O Hospital da Mulher é uma referência muito grande para a gente. Lá na minha cidade temos um jeito de falar: Se o Hospital da Mulher não resolver, ninguém mais resolve”. A fala da paciente Tamires da Silva Souza, do município Vale do Jiquiriçá, reflete a importância do hospital na vida das baianas ao longo dos cinco anos de existência, a serem completados neste domingo (9). Em cinco anos, foram realizadas um milhão de consultas nas mais diversas especialidades ofertadas pelo hospital, além de 40 mil cirurgias e 1.269.575 exames diagnósticos.
De acordo com o diretor geral, Marco Antônio Andrade, a satisfação das pacientes, expressa também através de depoimentos, emociona, motiva e é resultado de esforço mútuo e diário. “Nossa missão, nesses cinco anos, é promover o acesso humanizado e cada vez mais qualificado à saúde da mulher. Isso só é possível graças ao esforço mútuo da Secretaria de Saúde do Estado e de todo nosso corpo profissional. Através do Governo do Estado, em 2022, teremos a felicidade de ampliar o hospital em 6.000 m², implantaremos a unidade de radioterapia, ofertaremos ressonância magnética e ainda ampliaremos o número de leitos de internação, o que possibilitará atender mais pacientes”, afirmou.
Com ordem de serviço assinada em dezembro pelo governador Rui Costa, ao todo, serão investidos mais de R$35 milhões na unidade. O Hospital da Mulher é considerado o maior dedicado às doenças específicas do aparelho reprodutor feminino do Brasil, com serviços de alta resolução para diagnóstico e tratamento em oncoginecologia, oncologia clínica, mastologia, cirurgia plástica, planejamento familiar, cabeça e pescoço, cirurgia geral e reprodução humana/endometriose, além de acolher também mulheres que foram expostas à violência sexual através do Serviço AME, onde já foram ofertados mais de 924 acompanhamentos médicos e psicossociais a mulheres e adolescentes a partir de 12 anos.
Em 2019, a unidade foi eleita Hospital Amigo da Mulher, através da premiação Dr. Pinotti, concedida pela Câmara dos Deputados a entidades cujos trabalhos ou ações merecem especial destaque pela promoção do acesso e pela qualificação dos serviços de saúde da mulher.
A humanização no atendimento é um dos pilares do Hospital da Mulher. Após seis meses de tratamento, nesta semana, a paciente Luciene Nascimento realizou sua última seção de quimioterapia. “Para mim está sendo uma experiência ótima. É um ótimo hospital. Do tratamento da oncologia até à emergência eu só tenho o que agradecer”, compartilhou Luciene, uma das mais de 33 mil pacientes atendidas pelo Serviço de Oncologia Clínica.
Como ser atendida?
Para ser atendida no Hospital da Mulher, é preciso que a paciente passe por uma avaliação na unidade básica do seu município e, sendo perfil, ela será cadastrada no sistema Lista Única. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 0800 071 4000.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.