Expansão do Proced na Bahia

Expansão do Proced na Bahia

procedO Projeto de Capacitação e Educação em Diabetes (Proced) foi expandido com a instalação do quinto módulo – o primeiro ocorreu em 2009 -, o E- Proced, contemplando profissionais que atuam na atenção primária nos municípios de Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Alagoinhas, Ribeira do Pombal, Dias D Ávila e Cícero Dantas.

O projeto é uma iniciativa do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba), e até 2019 deverá capacitar mais de 800 profissionais e cadastrar mais de 7.000 pessoas com diabetes mellitus nas unidades sentinela implantadas em 16 municípios do Estado. Durante a abertura da capacitação, a diretora do Cedeba, Reine Fonseca, fez um pequeno retrospecto do Proced, que tem como principal objetivo capacitar recursos humanos para a atenção ao diabetes, possibilitando a melhoria da qualidade no cuidado na atenção primária, com fortalecimento na promoção, prevenção e autocuidado da saúde.

Representando o secretário da Saúde do Estado, Fabio Vilas-Boas, o assessor de Planejamento e Gestão da Sesab, Ricardo Barberine, disse ver o Proced como uma iniciativa muito adequada, e que a solução para a saúde está em ramificar a atenção primária. 'Esse projeto deveria ser também multiplicado para a atenção a outras doenças crônicas', destacou Barberine.

O diretor de Atenção Básica da Sesab, Cristiano Soster, considerou o reinício do Proced um "momento de celebração", sobretudo por se considerar que as doenças crônicas são um dos grandes desafios na atualidade. Ainda durante a abertura do curso de capacitação, que prossegue até a próxima quinta-feira, nos dois turnos, foi observado um minuto de silêncio pelo falecimento da enfermeira Silvana Soares Campos, responsável pela Unidade de Saúde Sentinela de Barra do Jacuípe.

A programação do evento prevê a discussão de casos clínicos, exposição dialogada, discussões sobre questões como a nefropatia diabética, pé diabético e retinopatia. Também serão focados os esquemas para o tratamento do diabetes.

 

Fonte: Ascom Sesab

Foto: Ascom Sesab

Redação Saúde no Ar

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *