Covid-19: Médica morre aos 27 anos

Covid-19: Médica morre aos 27 anos

Por meio de rede social, a UNESC – Centro Universitário do Espírito Santo, lamentou a morte da jovem, formada em 2018. “Com muita tristeza recebemos a notícia do falecimento da nossa egressa de Medicina (turma 2018), Paloma Alves dos Santos. Que Deus conforte sua família e amigos nesse momento de dor”.

De acordo com nota hospital de Teófilo Otoni, Paloma (27), faleceu na última quinta-feira (13/08), vítima do coronavírus. A médica, atuava como clínica geral no Pronto Atendimento das cidades de Ponto Belo e Mucurici, no Espírito Santo, além de Nanuque, em Minas, onde morava. No entanto, ao estar positivo para coronavírus teve que se afastar do trabalho. Seu estado de saúde piorou e ela precisou de ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Teófilo Otoni, onde ficou em observação por duas semanas, até que faleceu em função dos graves efeitos causados pela COVID-19.

Homenagens

De acordo com o secretário de Saúde de Ponto Belo, Paloma apresentava algumas comorbidades, como pressão alta e diabetes. No município, profissionais de saúde que trabalhavam com a médica fizeram uma homenagem, formando uma carreata. Uma mensagem também foi lida em respeito à memória da clínica geral.

“Recebemos com tristeza (a notícia do falecimento de Paloma). A gente aguardava para que ela pudesse sair dessa. Pegou todo mundo de surpresa. Os municípios e profissionais fizeram várias homenagens. Por onde passou, ela deixou seu legado. Ela tinha pouco tempo de formada, mas trabalhava com muita dedicação e respeito com a população”, disse Robson Coelho, ao Estado de Minas.

O secretário de saúde do Ponto Belo (ES) também se manisfestou por meio das redes sociais “Ela era muito querida pelos profissionais de saúde e pela população”.

 

#Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *