Com 1 mês de lockdown, Araraquara vê casos de covid diminuírem em 58%

Com 1 mês de lockdown, Araraquara vê casos de covid diminuírem em 58%
A cidade de Araraquara em São Paulo, após um mês de lockdown rigoroso, começa a ver os resultados do tempo em pausa. Entre 21 de fevereiro e 21 de março, a média diária de casos do novo coronavírus no Estado aumentou 40%. De acordo com a prefreitura  o número de casos em Araraquara, caiu 58%. A cidade passou 44 dias sem nenhum registro de morte pela covid-19.

Além disso, quando a medida foi adotada, em 21 de fevereiro, a rede de saúde estava em colapso, com 100% de ocupação dos hospitais e pacientes graves transferidos para municípios distantes. Contudo, os primeiros dez dias de lockdown total e intensa fiscalização – com blitze e multas de até R$ 6 mil. Com 13 dias já não havia fila de espera por leitos de UTI.

“Sabíamos que a medida daria resultado, mas não esperávamos que viesse tão rápido, além da nossa expectativa. Estamos vivendo situação bem mais tranquila”

 

“Para os profissionais que atuam na linha de frente, não há dúvida de que o lockdown surtiu efeitos positivos na diminuição de pacientes e redução na ocupação nos hospitais”; de acordo com a a enfermeira Emanuelle Laurenti, diretora técnica de gestão hospitalar que responde por UPAs e dois hospitais de retaguarda para covid.

Dessa forma, a cidade que em fevereiro, as UTIs registraram lotação máxima durante quase todo o mês. Em março, teve apenas três dias. Agora, com outras cidades do interior no limite, Araraquara ajuda os vizinhos. Metade dos 194 internados no município ontem era de fora. Nas UTIs, 60% são de outras cidades.

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Índia reduz as exportações de vacinas à medida que as infecções aumentam no país

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *