Índia reduz as exportações de vacinas à medida que as infecções aumentam no país

Índia reduz as exportações de vacinas à medida que as infecções aumentam no país

Enfrentando uma grande crise causada pelo novo coronavírus, como outros países; a Índia, registra atualmente mais de 11,8 milhões de casos confirmados desde o inicio da pandemia. Desses, 11,3 milhões já estão recuperados; contudo, 161 mil tiveram óbitios confirmados.

Dessa forma, o governo da Índia está retendo quase todas as 2,4 milhões de doses que o Serum Institute of India, a empresa privada que é um dos maiores produtores mundiais da vacina AstraZeneca, faz a cada dia.

Com o aumento das infecções, chegando a 50.000 por dia; apenas nas ultimas 24 horas, houve registro de 59.118 novos casos em todo o páis. Mais que o dobro do número há menos de duas semanas. Por outro lado, mesmo com o número de casos crescendo de forma acelerada, a campanha indiana de vacinação tem sido lenta, com menos de 4% dos quase 1,4 bilhão de indianos recebendo uma vacina , muito atrás das taxas dos Estados Unidos, Grã-Bretanha e da maioria dos países europeus.

Contudo, a proporção dos embarques para o exterior diminuiu muito nas últimas duas semanas, de acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores da Índia . E a Covax, o programa estabelecido por agências doadoras para comprar vacinas para as nações mais pobres, disse na quinta-feira que havia dito a esses países que quase 100 milhões de doses esperadas em março e abril enfrentariam atrasos devido ao “aumento da demanda por vacinas Covid-19 em Índia.”

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Câmara aprova PL que amplia doenças rastreadas pelo teste do pezinho

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *