Bahia debate implantação de fábrica de pás para turbinas eólicas em Camaçari

Bahia debate implantação de fábrica de pás para turbinas eólicas em Camaçari

O governo da Bahia iniciou discussão sobre a instalação de uma nova fábrica em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. O empreendimento será de pás para turbinas eólicas;  responsáveis pela geração de energia elétrica limpa a partir da rotação provocada pelo vento.

Em encontro entre o governador Rui Costa e a empresa chinesa Sinoma, líder mundial nos segmentos de material de construção e vidros e uma das maiores fabricantes de equipamentos para produção de energia eólica do mundo; assim, o grupo discutiu o tema que tem,  a previsão de que a fábrica tenha 35 mil metros quadrados e quatro linhas de produção de pás; e gere 500 empregos inicialmente. Esse número poderá crescer para até 1.200, quando está prevista a ampliação da estrutura, que será realizada três anos após o início do funcionamento. Ainda não há data para que o negócio comece a funcionar.

“Temos todo o interesse em ter essa fábrica na Bahia, faltam alguns detalhes para que se concretize e o Estado; dará todo o apoio para que aconteça o mais rápido possível. Se tudo der certo, acreditamos que em 2022 eles comecem a implantação”, afirmou o governador.

Dessa forma, caso a fábrica inicie atividade em Camaçari, esse será o primeiro empreendimento desse tipo que a empresa chinesa implantará fora do  país. A escolha pela Bahia aconteceu porque, além de ter um grande número de parques eólicos em implantação, o estado possui condições favoráveis para a instalação da unidade, como terreno e estrutura logística de estradas e porto.

 

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.