Após AstraZeneca, Dinamarca abre mão de vacina da Janssen

Após AstraZeneca, Dinamarca abre mão de vacina da Janssen

Dinamarca segue para segundo veto de imunizante durante sua campanha de vacinação anti-covid. Após abrir barrar uso da vacina  AstraZeneca, o governo da Dinamarca anunciou nesta segunda-feira (3) que também não vai mais usar a fórmula da Janssen.

Dessa forma, o país se torna o primeiro Estado-membro da União Europeia a abandonar oficialmente a vacina do laboratório belga pertencente à multinacional americana Johnson & Johnson.  Segundo comunicado, a Autoridade Sanitária da Dinamarca diz ter concluído que os “benefícios de usar a vacina contra a Covid-19 da Johnson & Johnson não superam o risco de possíveis efeitos adversos”; contudo mas deixa claro que a escolha também se deve ao fato de a pandemia estar controlada no país.

Além disso, ressaltou que “Uma vez que a epidemia na Dinamarca está sob controle atualmente e que a vacinação está progredindo; satisfatoriamente com outras vacinas disponíveis; a Autoridade Sanitária Dinamarquesa decidiu continuar a campanha nacional de imunização sem a vacina da Johnson & Johnson”, diz a agência.   Ou seja, daqui em diante o país vai utilizar apenas as fórmulas da Pfizer e da Moderna, as outras duas já autorizadas na União Europeia.

Contudo, reconhecem que a decisão vai desacelerar a campanha de imunização contra o novo coronavírus, especialmente para as faixas entre 20 e 39 anos, que devem sofrer um atraso de até quatro semanas, mas não descarta voltar a usar a fórmula da J&J.

Com 5,8 milhões de habitantes, a Dinamarca soma quase 255 mil casos de Covid-19 e cerca de 2,5 mil mortes desde o início da pandemia, mas registrou no último domingo (2) apenas 867 novos contágios e um óbito.  Além disso, 23,3% de sua população já está ao menos parcialmente vacinada contra o novo coronavírus. (ANSA).

Fonte: ANSA

 

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também:  Home office compromete saúde mental do trabalhador

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *