Violência e os impactos físicos, psicológicos e sócias

Violência e os impactos físicos, psicológicos e sócias

A violência tem varias formas e faces, podendo vir de onde menos se espera. Agressão verbal, física, bullying, feminicídio, violência psicológica, entre outras. Muito mais que o físico, a violência afeta também a saúde mental e muitas vezes o convívio social.

Esse foi o tema do Saúde em Foco desta terça-feira (29). Patricia Tosta, entrevistou, a Advogada, Fernanda Barbosa e Psicologa Maiumi Souza. O programa teve transmissão ao vivo pelas Rádios Excelsior AM 840 e web Saúde no ar.

De acordo com dados pulicados pela Secretaria de Politicas para as Mulheres (SPM), entre os anos de 2017 e 2018 a média mensal de agressões subiu 24%. Em 2018, 7.634 mulheres foram vítimas todos os meses, no ano anterior foram 6.139 registros. Os casos de feminicídio, por exemplo, ultrapassaram sete mil registros.

A violência moral, quando se calunia, difama ou injuria a honra ou a reputação da mulher, subiu 114%: de 1.849 em 2017 para 3.960 no último ano. A violência sexual cresceu 21,5%: de 3.696 casos para 4.491.

Veja entrevista completa: Saúde no Ar

Leia Também: Mulheres com algum tipo de deficiência encontra ainda mais dificuldades para denunciar 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *