UTI Neonatal do HEC tem maior número de recém-nascidos desde sua implantação

UTI Neonatal do HEC tem maior número de recém-nascidos desde sua implantação

Um balanço realizado pelo Hospital Estadual da Criança (HEC), localizado na cidade de Feira de Santana, aponta que a UTI Neonatal da instituição teve em 2014, o maior número de recém-nascidos desde sua implantação em outubro de 2010. Foram notificados 199 recém-nascidos entre 1º de janeiro a 31 de dezembro, do ano anterior.

De acordo com o relatório, este ano, foram acolhidas 28 crianças. Em 2011 foram 146. Já em 2012 foram acolhidas 141 crianças e no ano de 2013, 171 acolhimento.

A UTI Neonatal do HEC é composta por 10 leitos ativos destinados ao atendimento de pacientes graves ou de risco, entre zero e 28 dias de vida.

Para o neonatologista, Gervásio dos Santos a instituição busca ofertar assistência de qualidade e integral aos recém-nascidos acolhidos, respeitando o paciente, inserindo a participação da família, além do cuidado humanizado. Ele ainda salienta que apesar das dificuldades, a instituição, conta com uma equipe multiprofissional, equipamentos específicos próprios e recursos humanos especializados.

Balanço – De acordo com o balanço do ano de 2014 ocorreram cerca de 16,6 acolhimentos por mês. Do total de pacientes acolhidos, 59,8% eram do sexo masculino e 40,2% do sexo feminino. Em relação ao peso, 51,75% dos recém-nascidos que foram acolhidos no HEC tinham mais de 2,5kg.

Referente ao motivo da internação, as patologias cirúrgicas e os desconfortos respiratórios foram, juntos, responsáveis por mais da metade do total de internações – 25,6% e 24,6%, respectivamente.

A terceira causa responsável pelas internações na UTI Neonatal do HEC, estão relacionadas ao acolhimento de crianças prematuras, com cálculos em aproximadamente 19,3%. Ainda se enquadram nos motivos de internação os quadros clínicos (16,9%), as cardiopatias (7,2%) e os quadros infecciosos (6,3).

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.