USP busca voluntários para testar vacina contra HIV

Em desenvolvimento com instituições de outros países; a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) está buscando  voluntários no Brasil para testar uma vacina contra o HIV. Chamado Mosaico, o estudo começou há cinco anos.

De acordo com a instituição, até o momento, os participantes que receberam a vacina conseguiram produzir satisfatoriamente anticorpos e imunidade contra a infecção. O estudo teve aprovação na fase pré-clínica, animal, e fases 1 e 2 em humanos.

Dessa forma, para participar dos estudos no Brasil, os voluntários devem ser homens gays ou bissexuais cisgêneros e homens ou mulheres transexuais entre 18 e 60 anos. Os interessados podem entrar em contato com o Programa de Educação Comunitária da USP pelo Instagram ou pelo e-mail agendamento.estudos@gmail.com.

Como funciona a vacina?

O imunizante em desenvolvimento usa tecnologia de vetor; onde é injetada informações genéticas de proteínas do HIV dentro de um outro vírus, inofensivo a seres humanos.

Dessa forma, quando o indivíduo receber a vacina, o vírus inserido no organismo se multiplica; assim o corpo recebe as proteínas injetadas em seu material genético. Assim, o vacinado produz resposta imune contra proteínas do vírus inofensivo e também contra as do HIV.

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Covid-19: Vacinação deve começar com idosos, profissionais da saúde e indígenas
O jornalismo independente e imparcial com informações contextualizadas tem um lugar importante na construção de uma sociedade , saudável, próspera e sustentável. Ajude-nos na missão de difundir informações baseadas em evidências.Apoie e compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.