Sem renda classe média faz cortes nos planos de saúde e escola

Sem renda classe média faz cortes nos planos de saúde e escola

De acordo com pesquisa do instituo Locomotiva para o Jornal Estado de São Paulo; 53% da classe média teve de cortar um destes três itens: plano de saúde, contratação de empregada doméstica ou babá; bem como o pagamento de mensalidade em escola particular.

Contudo; o porcentual diz respeito apenas à população que tinha, antes da Covid-19, pelo menos um desses serviços. Apesar da pandemia do novo coronavírus; que agravou a situação econômica. A tendência de empobrecimento da classe média acompanha um quadro de empobrecimento geral da população brasileira depois do golpe de 2016; dessa forma com os ataques aos aumentos anuais do salário mínimo, o desemprego e encarecimento dos preços. A pesquisa da Locomotiva mostra também que 64% dos brasileiros da classe média estão com alguma conta em atraso.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA;  indicador que mede a inflação oficial do País, avançou 0,86% em outubro. Foi a maior taxa para o mês de outubro desde 2002.

Mais do que o resultado fechado em outubro, o IBGE identificou também um aumento do chamado “índice de difusão”, que mede a proporção de itens com alta de preços diante do total monitorado.

Variação do IPCA

O IBGE explicou que a maior variação e o maior impacto no índice do mês vieram do grupo Alimentação e Bebidas, cujos preços subiram 1,93%, embora tenham diminuído; comparado ao avanço de 2,28% visto em setembro.

Essa desaceleração se deu principalmente a altas menos intensas em alguns alimentos para consumo (2,57%), como o arroz (13,36% de 17,98% no mês anterior) e o óleo de soja (17,44% de 27,54%).

Contudo; os custos de serviços subiram em outubro 0,55%, de uma alta de 0,17% em setembro.

Outubro também marcou o maior índice de difusão do ano, de 68%, o que dá a ideia de que “a inflação não é só de alimentos. As altas estão mais espalhadas pelo IPCA”, segundo o gerente da pesquisa.

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Estudo: Crianças produzem anticorpos mais fracos contra o coronavírus

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *