Recall de medicamentos para gastrite

Recall de medicamentos para gastrite

Na ultima segunda-feira 20), a empresa Medley anunciou o recall de remédios a base de cloridrato de ranitidina, que podem estar contaminados com N-nitrosodimetilamina, a substância tem potencial cancerígeno. Em dezembro do ano passado a Aché suspendeu a comercialização e a fabricação de medicamentos com este composto.

Em nota,  a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), recomendou que as empresas revejam os métodos de processamento para evitar a contaminação. No ano passado a agência suspendeu a importação de ranitidina de um laboratório indiano por detecção da mesma substância no composto.

O que vai ser recolhido?

Foi anunciado o recolhimento de medicamentos de dois laboratórios brasileiros. A Medley, unidade de negócios de genéricos no Brasil do laboratório francês Sanofi, faz o recolhimento voluntário de Ranitidina 150 mg e 300 mg.

No Brasil, 24 diferentes empresas farmacêuticas possuem medicamentos registrados com o referido princípio ativo, em diferentes apresentações. Recolhimentos voluntários ocorrem em razão de orientação da Anvisa para maior controle das nitrosaminas. A Anvisa processou, até o momento, o recolhimento voluntário de 225 lotes de medicamentos à base de cloridrato de ranitidina.

Os recolhimentos voluntários são publicados no Diário Oficial da União (D.O.U.) e podem ser acompanhados no portal da Anvisa. A expectativa da Agência é que, dentro dos próximos dias, outros lotes de medicamentos com o princípio ativo cloridrato de ranitidina sigam o mesmo trâmite.
Fonte: Conselho Federal de Farmácia e Anvisa

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *