Qualidade de vida:um caminho para o tratamento da dor

Qualidade de vida:um caminho para o tratamento da dor

clinica da dorO índice de brasileiros que sofrem com algum tipo de dor, quase que diariamente, é altíssimo.  Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a dor em geral atinge 30% da população mundial. No Brasil  a prevalência da dor crônica também é alta, de acordo com a Sociedade Brasileira de Estudos para a Dor (SBED) o percentual de pessoas afetadas é de 15% a 40%.  

"A dor é subjetiva, cada indivíduo aprende a descrevê-la de maneira personalizada, com base em suas experiências de vida. A ocorrência de dor, especialmente a crônica, é crescente talvez em decorrência dos novos hábitos de vida, pois estamos vivendo mais, mas não necessariamente melhor! A dor gera estresse físico e emocional e pode inclusive comprometer as relações familiares e sociais".

De acordo com o Instituto Internacional de Estudo da Dor (IASP), “dor é uma experiência sensitiva e emocional desagradável, decorrente ou descrita em termos de lesões teciduais reais, ou potenciais”.

Grande parte de das enfermidades têm tratamentos, e é possível  prevenção. A mudança de hábitos pode ser um forte aliado para evitar as dores e apresentar algum conforto na trajetória do viver. Quanto antes a pessoa tomar a decisão de melhorar a alimentação, realilzar uma atividade físcia, lúdicas e ter boas relações sociais, melhor será a sua condição geral.

 Patricia tosta e ArabiQualidade de vida:um caminho para o tratamento da dor- foi tema do  programa Saúde no Ar, desta terça-feira (22/05). Patrícia Tosta conversou com a médica especialista em acupuntura e clínica da dor, do Instituto Vita Medicina Integrativa, Arabi Xinguara C. de Guerreiro.

Ouça  a entevista na íntegra ou assista ao vídeo no Facebook

 

Vita-clínica dor

 

 

 

Instituto Vita Medicina Integrativa 

CENTRAL DE ATENDIMENTO:

(71) 3052-2533/ (71) 99694-1924

Unidade do Rio Vermelho 

Rua Jacobina, 160, Térreo- e sala 302 

Unidade do Caminho das Árvores

 AV. Tancredo Neves, 1632, 
salas 503/504, Torre Sul. 
 

Redação Saúde no Ar 

Foto:Instituto Vita / Felipe Martins 

Fonte:Instituto Vita

 

 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *