Programa Mãe Salvador

Programa Mãe Salvador

Procedimento fundamental para prevenção e detecção precoce de doenças maternas e fetais;  o pré-natal agora faz parte de um programa regulamentado pela Prefeitura de Salvador.

Visando garantir assistência integral às grávidas da capital baiana; principalmente às mulheres negras e carentes da cidade, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS); criou o programa Programa Mãe Salvador.

“O objetivo do programa é ampliar a assistência pré-natal, parto e puerpério das mulheres residentes em Salvador, facilitar o acesso dessa gestante ao serviço público de saúde, por meio do transporte público, mediante cadastramento junto à SMS, além de garantir consultas pós-parto para mães e bebês; bem como acesso ao teste do pezinho, por exemplo”, disse a coordenadora do Mãe Salvador, Adriana Miranda.

De acordo com o prefeito da capital, uma das iniciativas envolve a garantia da captação precoce e a adesão dessas gestantes às consultas e exames do pré-natal; preferencialmente, até a 12ª semana de gestação. Além disso, o programa pretende fortalecer o vínculo das futuras mães à maternidade de referência, com visitas de vinculação ao local onde deverá ser feito o parto.

Dessa forma, o objetivo do novo programa é alcançar 70% das gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal; buscando reduzir a mortalidade materna na cidade. Segundo dados da SMS gestantes pretas e pardas possuem uma maior dificuldade em realizar, pelo menos, sete consultas de pré-natal; número indicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além disso, em 2020, cerca de 27,9 mil gestantes tiveram o acompanhamento nas unidades da rede municipal de saúde para a realização do pré-natal; exames e outros procedimentos durante a gravidez. Os dados foram coletados pelo grupo técnico da Rede Cegonha da capital baiana, com base no Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos do Ministério da Saúde.

 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *