Por falta de geladeiras países pobres rejeitam vacinas

Por falta de geladeiras países pobres rejeitam vacinas

Nesta quinta-feira (13), a diretora da divisão de suprimentos do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Etleva Kadilli, revelou que os países mais pobres do planeta rejeitaram 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 em dezembro.

De acordo com a diretora a distribuição das doses faz parte do programa Covax e entre os motivos da rejeição; estão o prazo de validade de alguns imunizantes, próximos do vencimento; bem como a falta de instalações de armazenamento suficientes, incluindo geladeiras, nos países mais pobres.

Segundo a OMS, o Covax já entregou 989 milhões de vacinas para 144 países até o momento; Contudo, dados da Unicef  a respeito do suprimentos e vacinas entregues mostram que 681 milhões de vacinas enviadas ainda não foram usadas em cerca de 90 países mais pobres.

 

 

Campanha Solidariedade é Amor #SOSBAHIA 

Campanha Vidas Importam

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.