Polícia Federal deflagra Operação para combater fraudes no Auxílio Emergencial.

Chamada de “Operação Checker”, a policia federal liderou operação para desarticular esquema de fraudes no Auxílio Emergencial, no Paraná. Policiais federais deram cumprimento a 2 Mandados de Busca e Apreensão; bem como 2 Mandados de Prisão Preventiva, expedidos pela Vara Federal de Umuarama/PR. As medidas adotadas visam a desmantelar esquema e identificar possível envolvimento de organização criminosa.

De acordo com as investigações, para efetuarem as fraudes, os investigados faziam uso de programas de computador geradores de CPFs e softwares chamados “checkers”; que indicavam os titulares aptos a receberem o Auxílio Emergencial. Dessa forma, a retirada dos valores acontecia no caixa eletrônico, na agência bancária; bem como transferência através do sistema PIX.

Além disso, o líder do esquema já era investigado por outros crimes; coordenando golpes anteriores, na região de Umuarama, envolvendo falsificação de documentos. De acordo com a investifação, ele atuava no saque fraudulento do Auxílio Emergencial, com a utilização de softwares desenvolvidos por hackers, desde o início do programa.

Dessa forma, estima-se que o prejuízo causado às vítimas das referidas fraudes; bem como aos cofres públicos, apenas pelos levantamentos iniciais, esteja em torno de R$ 1 milhão; não considerando outros potenciais envolvidos.

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Reinfecção por Covid-19 pode ser mais agressiva mesmo sem variantes

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *