Polícia Federal cumpre mandados de busca por fraude em auxilio emergencial

Polícia Federal cumpre mandados de busca por fraude em auxilio emergencial

De acordo com nota, Policiais federais deflagraram na manhã desta quinta-feira (8) uma operação contra fraudes no auxílio emergencial no Oeste baiano. Ao todo houve o cumprimento de Três mandados de busca e apreensão em Luís Eduardo Magalhães. Além disso, a Polícia Federal (PF), a apuração teve início em 2020 e é resultado da Estratégia Integrada contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (Eiafae).

Dessa forma, a investigação, apura que os investigados cadastraram no aplicativo Caixa Tem pelo menos de 45 contas em nome de terceiros para recebimento do Auxílio Emergencial de forma fraudulenta. Além disso, segundo a investigação eles transferiam imediatamente os valores depositados para contas vinculadas ao grupo e também por meio da emissão de boletos bancários emitidos pelos próprios suspeitos; resultando num prejuízo superior a 27 mil reais.

Além da PF, participam da ação o Ministério Público Federal (MPF) o Ministério da Cidadania (MCid); bem como a CAIXA, a Receita Federal (RF), a Controladoria Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU). A PF informou que o objetivo da operação é racionalizar os procedimentos de apuração criminal sobre a temática, com foco na atuação de grupos, associações ou organizações criminosas e a desarticulação de fraudes estruturadas.

Os acusados vão responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa.

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Aprovado texto-base de projeto que permite empresas comprarem vacinas

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *