Planos de saúde exigem consentimento do marido para inserção do DIU em mulheres

Planos de saúde exigem consentimento do marido para inserção do DIU em mulheres

Reportagem especial identificou que cooperativas da Unimed Saúde, em Minas Gerais e no interior de São Paulo; têm exigido consentimento de maridos para autorizar o procedimento de inserção do dispositivo intrauterino (DIU) em mulheres casadas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde o método contraceptivo é um dos mais eficazes – com 99% ou mais de eficácia. Além disso, questionados a respeito da solicitação de aprovação dos maridos, por meio da assessoria de imprensa, as unidades de Divinópolis e Ourinhos informaram que abandonaram a exigência. Contudo, a cooperativa de João Monlevade negou exigir a autorização, mesmo diante da confirmação da central de atendimento. A cooperativa afirma que apenas recomenda o compartilhamento do termo, por isso o espaço para a assinatura do companheiro. As cooperativas da Unimed João Monlevade e Divinópolis, em Minas Gerais, e Ourinhos, no interior de São Paulo, atendem mais de 50 municípios nos dois estados.

 

 

Campanha Vidas Importam 

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *