Passaporte Covid: Europa deve excluir vacinas não aprovadas

Passaporte Covid: Europa deve excluir vacinas não aprovadas

Por conta das restrições causadas pela pandemia do novo coronavírus; o tipo de imunizante tomado, pode definir o destino de viagem para quem deseja ir a Europa. De acordo com o jornal New York Times, a União Europeia planeja permitir a entrada durante o verão de americanos imunizados com vacinas aprovadas pela agência reguladora do bloco.

Dessa forma, os imunizados com vacinas das fabricantes chinesas Sinovac Biotech e Sinopharm provavelmente não poderão ir nos países que compoem o bloco. Assim, com o avanço das campanhas de vacinação ao redor do mundo.

Contudo, para cidadãos chineses que viajam ao exterior regularmente e ocidentais que desejam buscar oportunidades de negócios na segunda maior economia do mundo; surge o dilema sobre qual opção escolher. Até agora, a China reconhece apenas as vacinas chinesas, e seus imunizantes ainda não foram aprovados nos Estados Unidos ou na Europa Ocidental.

“Para as pessoas que precisam trabalhar ou retornar à China continental, a vacina chinesa é a única opção”, disse Cheung. “Os ocidentais escolherão apenas a vacina reconhecida por seu país de origem”, disse.

 

 

 

Campanha Vidas Importam 

Veja também: Pfizer: Israel investiga casos de inflamação no coração de vacinados

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *