O Meio Ambiente e a preservação do planeta

O Meio Ambiente e a preservação do planeta

Nesta sexta- feira, ( 07/06) no Programa Saúde no ar da Rádio Excelsior da Bahia e Rádio Web Saúde no Ar, Patrícia Tosta entrevistou, Nelzair Vianna, pesquisadora em saúde pública/saúde ambiental da Fiocruz, doutora pela Faculdade de Medicina da USP, mestre em medicina e saúde pela UFBA, José Carlos, diretor comercial da Secretaria do meio ambiente ( SEMA), especialista em planejamento urbano, Eduardo Topázio, engenheiro sanitarista e diretor de Águas do Instituto do meio ambiente e recursos hídricos (INEMA) e  por telefone, Marcos Tomazoni, geógrafo com mestrado em geoquímica e meio ambiente. O  tema do programa foi : O meio ambiente e a preservação do planeta. ( o ar que respiramos e a qualidade de vida).

Como foram muitos convidados, abaixo, destacamos alguns comentários dos entrevistados.

Marcos Tomazoni, aposta na educação para a solução do problema: “acredito na educação pública, inclusive de qualidade. Somente isso pode nos levará a possibilidade social  e de mudança realmente”.

Ezequiel Oliveira, colunista e idealizador do Portal Saúde no ar, acredita que o uso da tecnologia para o bem comum é uma grande saída para a crise que a sociedade vive não só no sentido ambiental como em outros seguimentos. Ele afirma: “vivemos a era do conhecimento e para resolver esse problema(ambiental) com tantas segregações, intolerâncias, pobrezas desnecessárias, penso que a saída se chama ecossistema digitais. No momento que usamos a tecnologia a favor de todos, evoluímos muito mais rápido, transformando 05 anos”.

Nelzair Viana  defende que é preciso uma união entre as políticas públicas e as atitudes individuais:

“A população tem migrado para as cidades e isso causa um impacto muito grande. As atitudes individuais devem ser tomadas a a partir do momento que agente passa a refletir sobre as emissões ( gás carbônico) e se pensa em outras formas de transportes (caminhar, bicicleta), plantar uma arvore. A presença de área verdes minimiza a questão da poluição.

José Carlos acredita que deve existir sendo crítico, mas com otimismo: “Fazer a sociedade pensar de uma forma criticamente mas de forma otimista para transformar a difícil realidade -. Precisamos do emprego, mas precisamos da preservação”

Eduardo Topázio: “Pensar e agir coletivamente para a solução do problema”

Assista o vídeo:

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *