Nutrição e câncer de próstata

Nutrição e câncer de próstata

downloadO câncer de próstata é claramente reconhecido como um grave problema de saúde pública. É o tipo de câncer mais comum em homens no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de pele. Além disso, é uma das principais causas de morte no país por câncer na população masculina, perdendo somente para o câncer de pulmão, sendo considerada, em nível mundial, como a segunda neoplasia mais frequente e a quinta em mortalidade entre os homens.

A próstata nada mais é do que uma glândula presente nos homens, localizada abaixo da bexiga e sua função é produzir um líquido que nutre e protege os espermatozoides no sêmen. Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são: dificuldade de urinar, demora em começar e terminar de urinar, sangue na urina, diminuição do jato de urina e necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Homens com idade avançada e história na família de câncer de próstata tem uma maior chance de desenvolver esse tipo de câncer. A maioria dos cânceres de próstata é diagnosticada em homens acima de 65 anos. Embora a idade seja o fator de risco preponderante no desenvolvimento do câncer de próstata, mais recentemente, foi identificado que o excesso de peso corporal (sobrepeso e obesidade), assim como o consumo excessivo de carne vermelha eleva o risco de desenvolver esse tipo de câncer. O tabagismo e o etilismo são fatores de risco para o câncer de próstata e vários outros tipos de câncer, além de outras enfermidades crônicas, como as doenças cardiovasculares.

Independentemente de fatores de risco como envelhecimento e histórico familiar, sabe-se que a adoção de um estilo de vida saudável faz parte da campanha de prevenção ao câncer de próstata, que mobiliza o país inteiro no mês de novembro, desta forma recomenda-se evitar o consumo de bebidas alcoólicas, manter-se distante do tabagismo, praticar atividade física regularmente, fazer escolhas alimentares saudáveis e manter o peso corporal adequado.

É fundamental o gerenciamento do peso corporal na prevenção do câncer de próstata. A atividade física programada e bem orientada atua justamente contra o sobrepeso ou diferentes graus de obesidade. Apesar de os estudos não serem conclusivos, o potencial de ingestão alimentar na prevenção e tratamento desse tipo de câncer continua promissor. Deve ser estimulada a redução no consumo de gorduras de origem animal e o aumento no consumo de frutas e vegetais, especialmente as que são ricas em antioxidantes.

Na dúvida procure seu médico ou outro profissional de saúde competente que seja capaz de lhe orientar na prevenção, diagnóstico precoce e possíveis tratamentos para o câncer de próstata.

O assunto foi tema do Quadro "Comer e Ser" desta segunda-feira (20/11), no Programa Saúde no Ar.

Ouça o áudio completo da nutricionista Mirella Brasil, no áudio abaixo:

Fonte: Mirella Brasil

Foto: Google

Redação Saúde no Ar

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *