Novo auxílio emergencial deverá injetar R$ 44 bilhões na economia

Novo auxílio emergencial deverá injetar R$ 44 bilhões na economia

Com inicio do pagamento do novo auxilio emergencial, o governo federal estima que as novas parcelas que começam a ser pagas nesta terça-feira (6), vão injetar R$ 44 bilhões na economia.

De acordo com o Ministério da Economia, a nova rodada terá quatro parcelas com valor médio de R$ 250. Mulheres chefes de família receberão R$ 375 e pessoas que vivem sozinhas, R$ 150. O total de beneficiados atingirá 45,6 milhões.

Em 2020 somente por meio do aplicativo Caixa Tem, o benefício movimentou diretamente em lojas e supermercados R$ 47,6 bilhões; bem como R$ 35,5 bilhões em compras por cartão virtual e R$ 12,1 bilhões em QR Code.

Dessa forma, em 2021 além de alcançar menos beneficiados, com menor valor das parcelas; ao auxilio deste ano não abrirá novo cadastro para quem não recebeu em 2020, mas agora precisaria da ajuda. Serão beneficiadas pessoas que já estavam cadastradas pelo Cadastro Único, pelo aplicativo da Caixa ou Bolsa Família.

O calendário completo de pagamento está dispnonivel no site do Ministério; Também é possível verificar elegibilidade no site da Cidadania.

Campanha Vidas Importam 

Veja também: MEC lança programa para combater evasão escolar no ensino fundamental

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *