Musculação para gestantes

Musculação para gestantes

413

Gravidez não é doença! Essa frese parece batida, mas já se foi a época em que na gravidez a mulher tinha que ficar de repouso e não podia fazer nenhuma atividade física. Aliás, nesse período os exercícios físicos são necessários e evitam muitas complicações.

Além disso, algumas as futuras mamães aproveitam a gestação para comer o que podem e o que não podem, justificando que está comendo por dois. O problema é que elas exageram em alimentos extremamente calóricos como doces e cheios de carboidratos simples que não fazem bem algum ao bebê. A futura mamãe acaba engordando, o que pode trazer tanto problemas físicos como psicológicos e o novo ser sofre junto.

Na semana do Dias das Mães, o Portal Saúde no Ar traz dicas de musculação para as futuras mães, listadas pelos site Malhar Bem, mostrando a forma correta e segura de fazer exercícios, assim como mostra o Personal Training Humberto Lellis, no vídeo do Armário Femenino

                        

Como os exercícios devem ser feitos por grávidas?

214O maior medo das gestantes em praticar musculação ou qualquer outro de exercício físico é que ocorra aborto, má formação do feto, parto prematuro, entre outros problemas. Porém, o risco só se mostrará se a atividade física for feita sem a supervisão de um profissional e sem o aval do médico. Apenas o seu obstetra poderá dizer se você está liberada ou não para fazer exercícios e qual o tipo deve ser feito.

 

Quais os tipos de exercícios que mulheres grávidas podem fazer?

314É possível classificar os tipos de exercícios físicos para grávidas em:

Baixo risco: caminhada, hidroginástica, natação e outros de baixo impacto.

Médio risco: musculação, aulas de aeróbica, tênis, squash, entre outros e devem ser realizados sob a supervisão de um profissional, ou seja, um educador físico especializado.

Alto risco: esses são completamente contraindicados para grávidas, são atividades de contato físico como luta ou esportes de quadra como o vôlei e os mais arriscados como o hipismo.

Afinal de contas, musculação para gestantes, pode ou não pode?

59A resposta é sim. Uma mulher grávida pode praticar musculação desde que liberada pelo seu médico e acompanhada por um profissional que seja especialista no assunto. Se a gestante já praticava musculação antes de engravidar será ainda mais fácil, pois basta continuar os exercícios reduzindo um pouco o risco e adequando os movimentos para que não ocorra pressão sobre a região do abdome.

 

Quais os benefícios?

66Que exercícios fazem bem para qualquer pessoa não há como negar. Para as grávidas é possível observar alguns benefícios específicos como a melhora da circulação tanto sanguínea como linfática, o que reduz o inchaço nas pernas comum no período gestacional. Também deixam as articulações mais fortalecidas para aguentar o peso extra e reduz as dores na região da coluna lombar muito frequentes.

 

O que fazer durante os exercícios?

114Alongamento é sempre bem vindo e não deve ser negligenciado de maneira alguma, principalmente na região da coluna lombar, peitorais e parte interna das coxas. Algumas posições precisarão ser adequadas, como por exemplo, a barriga voltada para baixo não é a posição mais adequada e deve ser evitada ao máximo.

 

 

Exercícios que fortaleçam a região da pelve, diafragma e abdome devem ter preferência já que esses músculos são muito requisitados durante a gestação e também na hora do parto. Todos os exames devem ser realizados antes de praticar qualquer exercício físico e uma avaliação completa deve ser feita pelo profissional que irá acompanhar a gestante durante os exercícios. Qualquer coisa que ocorra fora do normal pare os exercícios e agende uma consulta o quanto antes.

Redação Saúde no Ar*

João Neto

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.